Enfermagem da Unesp comemora Jubileu de Prata

A Faculdade de Medicina de Botucatu comemora, dia 12 de maio, o Jubileu de Prata (25 anos de atividades acadêmicas) de seu curso de Enfermagem. Em comemoração ? data, será realizada uma sessão solene, a partir das 15 horas, no Salão Nobre da FMB/Unesp.

O curso tem duração mínima de 4 anos em período integral, sendo oferecidas 30 vagas anualmente ? partir de 1999. Existe a intenção de ampliação do número de vagas para 60, bem como de recursos físicos e humanos. Assim, estudos estão sendo realizados nesse sentido para posterior avaliação dos órgãos competentes. A graduação em Enfermagem da FMB/Unesp obteve 5 estrelas – nota máxima – na avaliação de cursos superiores realizada pelo Guia do Estudante (GE), da Editora Abril, em 2013.

{n}História{/n}

Autorizado pela Congregação da faculdade em 1985, o curso teve início em 1989 quando oferecia inicialmente 20 vagas por ano. Em 1999 foi aprovada a criação o Departamento de Enfermagem, responsável pelas disciplinas profissionais do curso, passando a oferecer 30 vagas anuais.

Paralelamente ? formação oferecida na Graduação, os docentes do Departamento de Enfermagem mostraram, ao longo dos últimos anos, grande inserção nos serviços de saúde, consolidando sua importante posição de formação voltada ao Sistema Único de Saúde. Nesse caminho, primeiro o Curso e depois o Departamento de Enfermagem passaram a implementar diversas atividades acadêmicas, como diferentes Cursos de Especialização, o Aprimoramento em Enfermagem, a Residência Multiprofissional, além de outras ações efetivadas por meio de cursos e projetos educativos, assistenciais, comunitários e de extensão.

A extensão, realizada desde 1990, conta atualmente com 22 projetos, a maioria com bolsas e recursos financeiros. Representam importante elo entre a comunidade acadêmica e a população, proporcionando trocas de conhecimento e experiência.

A Residência Multiprofissional em Saúde da Família, oferecida desde 2005 para profissionais médicos e enfermeiros e desde 2008 para profissionais de sete áreas da saúde (enfermagem, fisioterapia, nutrição, serviço social, educação física, psicologia e odontologia), formou 44 especialistas em saúde da família até 2011.