Departamento de Saúde Pública entra 2012 sob novo comando

Os professores Luis Carlos Giarola e Margareth Aparecida Santini de Almeida assumiram a chefia e vice-chefia, respectivamente, do Departamento de Saúde Pública da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB). Eles substituem os professores Ildeberto Muniz de Almeida e Eliane Goldfarb Cyrino que ocupavam os cargos até então. O mandato é de dois anos.

Com a presença de vários professores do Departamento e ainda seus familiares, os novos gestores falaram sobre seus planos e expectativas após serem empossados pela diretora da FMB, professora Silvana Artioli Schellini. Professora Eliane não participou da cerimônia por estar em viagem fora do país.

Já como novo chefe do Departamento, Giarola anunciou quais serão alguns dos pilares de seu mandato. Ressaltou que será intensificado o envolvimento da Saúde Pública na Rede Básica de Saúde de Botucatu.

O acadêmico também afirmou que está disposto a conduzir uma participação efetiva na reforma curricular do curso de Medicina, além de dar atenção ? formação dos alunos de Enfermagem e da área de Nutrição. “Além disso, estará entre nossos objetivos primários a formação e atualização permanente de nossos docentes e funcionários”, pontuou.

{n}Unidade de Pesquisa em Saúde Coletiva{/n}

Uma das grandes novidades da nova gestão do Departamento será o empenho na implantação de uma Unidade de Pesquisa em Saúde Coletiva, onde poderão ser desenvolvidos estudos epidemiológicos na área e que servirá de apoio para o programa de pós-graduação vinculado ao departamento.

Ildeberto Muniz, mais conhecido como professor Pará, que está deixando o cargo de chefe do Departamento, disse que apesar das dificuldades ficou satisfeito com seu mandato. Chamou atenção dos novos líderes para o momento de transição pelo qual a Faculdade passa atualmente, principalmente com a autarquização do Hospital das Clínicas, mas garantiu estar tranquilo por confiar em seus sucessores. “Minha gestão passa para as mãos de um colega que já demonstrou ter serenidade e disposição para o trabalho”, declarou.

Silvana Schellini, diretora da FMB, relembrou a atuação de Pará como um dos responsáveis pelo Programa Qualidade de Vida, desenvolvido em benefício da saúde ocupacional dos funcionários da Faculdade. A professora ainda aproveitou para colocar a Diretoria ? disposição dos novos chefes e frisou estar disposta a buscar o “melhor relacionamento possível” com a Saúde Pública.

A gestora afirmou que apoiará a implantação da Unidade de Pesquisa em Saúde Coletiva, o que classificou como um diferencial para a Escola.

Ao falar sobre o Centro de Saúde Escola (CSE) – Unidade Auxiliar Complexa da Unesp, que é dirigida por um professor do Departamento de Saúde Pública (Antônio Cyrino), Silvana destacou que continuará em busca de recursos para dar ao serviço um financiamento mais adequado.

{n}Homenagens{/n}

Ainda durante a cerimônia de posse dos novos chefes do Departamento, foram descerradas duas placas comemorativas. Uma delas em homenagem ? professora Luana Carandina, que está se aposentando e a outra que empresta seu nome ao Laboratório de Saúde Pública que funciona no local.

“Esse laboratório, nosso ponto de referência para pesquisas de campo, já serviu de modelo para a USP (Universidade de São Paulo) e Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Essa estrutura ainda vai crescer e ganhar as proporções que merece”, colocou Luana, lembrando que trata-se de um espaço aberto a pesquisadores de várias áreas e não apenas de seu departamento.