CSE elege professores Cyrino e Janete Simonetti como supervisores

Designada como unidade auxiliar da Unesp, o Centro de Saúde Escola (CSE), da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp, elegeu em agosto sua diretoria para mandato de doze meses. Realizada nos dias 2 e 3 de agosto, a eleição confirmou os nomes dos professores Antonio Piton Cyrino e Janete Pessuto Simonetti, como supervisor e vice-supervisora da unidade.

Referendados pela Congregação da Faculdade de Medicina, os nomes dos docentes tiveram aprovação de 56,95% do total de votantes. Participaram do processo eletivo 85 pessoas com vínculo direto com o CSE, entre professores, alunos, residentes e aprimorandos. O mandato dos novos supervisores, em primeiro momento, será de um ano. No entanto, conforme regimento aprovado pelo colegiado máximo da faculdade, a duração do cargo será de quatro anos, coincidindo com os da direção da FMB.

Tendo o nome confirmado no cargo de supervisor da unidade, prof. Cyrino ressalta que o momento é de continuar com investimentos na melhoria da estrutura do prédio do CSE da Vila dos Lavradores. Desde 2009, o local passou por melhorias em sua estrutura. O investimento foi de R$ 80 mil, com a maior parte dos recursos advindos da reitoria da Unesp. Além de modernização do espaço, toda a comunicação visual também foi modificada. Uma sala voltada especificamente para fisioterapia foi criada para atender a comunidade.

Não somente a parte assistencial ? população deve ter ênfase na gestão. O ensino e pesquisa também devem receber incentivo dentro da unidade. “O que pretendemos, ainda, é fortalecer as linhas de pesquisa existentes atualmente dentro do Centro de Saúde Escola e ampliar espaço para novos estudos na área primária da saúde”, ressalta prof. Cyrino.

Atualmente, dez tipos de atividades junto ? população são desenvolvidas pelo CSE. Muitas englobam a saúde da mulher, do idoso, mental e temas como nutrição e promoção da saúde e qualidade de vida.

Considerado como crucial para o crescimento da unidade, a definição do subquadro de servidores vinculados ? Unesp deve ser enviado, em breve, ? reitoria da universidade. “Perdemos na última década, cerca de 40 funcionários Unesp. Com a definição desse subquadro, cremos em uma melhor e gradual reposição desses servidores”, frisa o supervisor.

Criado em 1972, o Centro de Saúde Escola é uma unidade auxiliar da Unesp e atendeu, em 2009, mais de 30 mil pessoas, equivalente a 20% da população de Botucatu. Conta com 88 funcionários. É uma unidade de integração docente-assistencial, tem papel suplementar de desenvolvimento de investigação sobre modelos experimentais de organização de serviços de saúde. É constituído por duas unidades – uma central, na Vila dos Lavradores e outra na Vila Ferroviária. “Nesses quase quarenta anos de atividades, a unidade sempre deu apoio e suporte na formação de pessoal da saúde não somente de Botucatu, como de toda sua região”, complementa Cyrino.

Fonte / fotos:
Flávio Fogueral
Jornal da FMB