Cevap intensifica estudo com o selante de fibrina

Foi realizado o treinamento da equipe que vai liderar o segundo estudo clínico com o selante de fibrina, material que facilita a cicatrização de feridas venosas crônicas. O bioproduto, 100% nacional, feito a partir da mistura de uma enzima extraída do veneno da cobra cascavel (foto) com fibrinogênio de sangue de búfalos, foi desenvolvido pelo Centro de Estudos de Venenos e Animais Peçonhentos (Cevap).

Durante a reunião, foram apresentados os resultados do Estudo Selante I, planejado e executado pela Unidade de Pesquisa Clínica (Upeclin) da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) no ano de 2013. Os resultados foram promissores e trouxeram benefícios aos participantes.

O principal objetivo do encontro foi apresentar o protocolo clínico e diretrizes que devem nortear o trabalho dos profissionais que acompanharão os 40 voluntários participantes do estudo. “Foi um desafio para todos os que estão envolvidos neste trabalho. Agradeço a parceria (Cevap e Upeclin), pois aprendemos muito”, disse durante a reunião Natália Bronzatto Medolago, gerente administrativa da Upeclin. 

Para o professor da FMB e coordenador do projeto do selante de fibrina, Benedito Barraviera, o caminho trilhado pelos profissionais envolvidos no processo de criação do bioproduto foi bastante dificultoso. “Esse projeto vai ter continuidade, pois ele não é de produto humano. Esse é o diferencial”, explicou. O docente ainda frisou que alguns problemas, como a necessidade de ter serpentes à disposição em quantidade suficiente para a extração do veneno, foram vencidos graças a união de toda equipe.

Luciana P. Fernandes Abbade, professora do Departamento de Dermatologia e Radioterapia da FMB e investigadora principal dos estudos Selante I e II, foi a responsável por apresentar o protocolo clínico à equipe e os resultados do primeiro ensaio. “Foram desafios importantíssimos que me trouxeram muito engrandecimento. Acho que isso (projeto do selante de fibrina) traz uma satisfação pessoal bem importante”, disse. O recrutamento para o estudo selante II teve início no dia 24 de agosto. Os interessados podem obter mais informações na Upeclin pelo telefone (14) 3880-1663 das 8:30 às 16:30.

 

Sobre o Selante

O selante de fibrina é um bioproduto 100% nacional, feito a partir da mistura de uma enzima extraída do veneno da cascavel (Crotalus durissus terrificus) com fibrinogênio de sangue de grandes animais (bubalinos, equinos, bovinos ou ovinos), cuja ação se baseia no princípio natural da coagulação.

Responsável pelo Laboratório de Produção do Selante de Fibrina, o coordenador-executivo do Cevap, Rui Seabra Ferreira Jr, acredita que, após o registro do produto junto a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a validação de todos os métodos de produção, o legado deste projeto à Universidade será enorme em avanços biotecnológicos.