Centro de Saúde Escola está sob nova supervisão

As professoras Eliana Goldfarb Cyrino e Elen Rose Lodeiro Castanheira, do Departamento de Saúde Pública da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB), tomaram posse como supervisora e vice-supervisora, respectivamente, do Centro de Saúde Escola (CSE). O mandato será de 20 de julho de 2015 a 19 de julho de 2019. A cerimônia, realizada na sala de reuniões da unidade, situada na Vila dos Lavradores, contou com a presença do diretor da Faculdade, professor Pasqual Barretti.

A professora Elen R. L. Castanheira se manteve no cargo de vice-supervisora. Houve a substituição do cargo de supervisora da unidade, que era comandada pela professora Maria Dionísia do Amaral Dias (Departamento de Saúde Pública), e, a partir de agora, tem a frente a professora Eliana G. Cyrino.

“Foi um prazer estar aqui. Acho que o Centro de Saúde Escola é uma unidade auxiliar de grande importância da Faculdade de Medicina e de grande importância na formação dos profissionais de saúde”, disse a supervisora cessante, professora Maria Dionísia.

Para a vice-supervisora do Centro de Saúde Escola, professora Elen R. L. Castanheira, a unidade “é um espaço de produção de conhecimento” e, em razão do bom quadro de profissionais que atuam no local e de toda infraestrutura oferecida à população, a docente optou pela continuidade dos trabalhos. “Além de tudo isso ele (CSE) é um ideário”, destacou em seu discurso.

A nova supervisora, professora Eliana Goldfarb Cyrino, fez um agradecimento pelo apoio recebido do Departamento de Saúde Pública, da Diretoria da FMB, da Secretaria Municipal de Saúde e de todos os funcionários e colaboradores da unidade. “O CSE está consolidado como centro de formação, de inovação de programas, projetos e de atenção a saúde da população com qualidade no SUS (Sistema Único de Saúde)”, afirmou. Para a docente, a participação da comunidade (Universidade, população, Poder Público) contribuiu para o sucesso do serviço.

O vereador Lelo Pagani (PT), no ato representando o presidente da Câmara Municipal de Botucatu, destacou a importância do CSE para a cidade de Botucatu e desejou sorte para as gestoras. “Toda essa geração de conhecimento que vocês falaram, na prática, traduz o bom atendimento que o CSE oferece à nossa população”, salientou.

Esteve presente na solenidade de posse o vice-prefeito de Botucatu, Antônio Luiz Caldas Jr. Ele deu as boas-vindas e desejou sorte as professoras que comandarão a unidade. Caldas, que também é professor da FMB, destacou em seu discurso a importância de a Prefeitura apoiar e dialogar com os serviços de saúde do município visando o aperfeiçoamento do atendimento à comunidade.  “Botucatu tem todas as condições de ter um sistema de saúde, não aquele que a população exatamente deseja, mas, no extremo da possibilidade, um sistema de saúde melhor do que aquele que, em média, se oferece em nosso País”, frisou.

O diretor da FMB, professor Pasqual Barretti, elogiou a ex-supervisora do CSE e o trabalho desenvolvido por ela num momento de grandes dificuldades. O gestor desejou sorte para as novas supervisoras e manifestou todo apoio necessário para o bom desenvolvimento das atividades do CSE. “Acho importante que o Centro de Saúde Escola entre definitivamente na agenda da Unesp, ele precisa estar pautado em nossa Universidade. E todos os espaços que este diretor tiver, vou tentar que isto ocorra”, falou.

 

Sobre o CSE

O  Centro de  Saúde Escola conta com duas unidades, uma na Vila dos Lavradores e uma na Vila Ferroviária e é parte do Sistema Único de  Saúde (SUS) de Botucatu, respondendo por aproximadamente 30% da atenção básica do município em diversas modalidades de atendimento: consultas individuais, grupos terapêuticos, atividades de educação em saúde, busca ativa, vigilância em  saúde, visitas domiciliares, atividades em sala de espera, aconselhamento, coleta de exames, vacinação, pequenos procedimentos cirúrgicos, procedimentos odontológicos, entre outros.