Botucatu tem novo posto de saúde na região Sul

A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Saúde, inaugurou na manhã de domingo (1º de dezembro), dentro das atividades do Prefeitura nos Bairros, a Unidade de Saúde da Família dos Comerciários – Dr. Elias Chamma. Local atenderá toda população da região Sul, estimada entre 8 a 10 mil moradores, que inclui bairros como Comerciários, Flora Rica, Vila Cidade Jardim e Lavapés. Nos últimos dois anos também foram inauguradas unidades de saúde em Vitoriana, César Neto e Santa Elisa.

Neste novo posto dos Comerciários foram investidos pelo Poder Público Municipal pouco mais de R$ 1,4 milhão para a construção (executada pela empresa 3D – vencedora do processo licitatório) e parte de mobiliário. Ele contará inicialmente com toda a equipe da Unidade Básica de Saúde da Vila Jardim, que a partir de 2014 passará por reformas.

A equipe da USF dos Comerciários será formada por cinco médicos (clínicos gerais (2), pediatras (2) e ginecologista); três enfermeiras; cinco auxiliares de enfermagem; cinco agentes comunitários de saúde; cirurgião dentista e auxiliar de consultório dentário; dois auxiliares administrativos; e dois auxiliares de serviços gerais.

O posto tem mais de 800 metros quadrados de área construída dividida em: consultórios clínicos (5), pediátricos (2), ginecológicos (2) e odontológico; salas de espera, reuniões (2), escovação, coleta, nebulização, escovação, observação de urgência e emergência [com dois leitos], curativo, lavagem e descontaminação de materiais; almoxarifado; sanitários (6); copa; administração; farmácia; posto de enfermagem; e auditório para 50 pessoas.

{n}Planejamento {/n}

Para Dr. José Carlos Christovan (Bazuka), diretor-presidente da Fundação UNI, organização social que trabalha desde 2009 em parceria com o Poder Público na gestão da Saúde no Município, um herança está sendo deixada ? população com a construção destas novas unidades. “A gente deixa para Botucatu um padrão de estrutura física, modular, que pode ser ampliado de acordo com as necessidades”, comenta.

Secretário municipal da Saúde, Cláudio Lucas Miranda, enalteceu o trabalho da equipe da UBS da Vila Jardim, que atuará no novo posto. Também garantiu manter o planejamento traçado para a Saúde da Cidade, que é de construir nos próximos anos novos postos no Maria Luiza, Caimã, Convívio e Itamaraty. “Que em 2014 possamos entregar outras unidades tão boas quanto esta e ampliar o atendimento ? saúde de Botucatu, o máximo que a população precisar”, afirma.

O prefeito João Cury Neto valorizou o trabalho conjunto da Secretaria de Saúde e Fundação UNI na reestruturação da Saúde do Município e o desenvolvimento organizado vivido como um todo por Botucatu.

“Não podemos só construir casas. Do lado da casa tem que ter a praça. Do lado da praça tem que ter o posto de saúde. Do lado do posto de saúde tem que ter a creche, o asfalto, a iluminação. É dotar o bairro de infraestrutura, de serviços públicos de qualidade. Temos que trabalhar para que o público seja tão bom ou melhor do que o particular. Este posto de saúde foi pensado para os próximos 20…30 anos para que não se tenha que fazer ‘puxadinho’ na medida que vai crescendo a população do local. Isso é planejamento”, afirma.

{n}Sobre Dr. Elias Chamma{/n}

Elias Chamma nasceu em Rio das Pedras, em 21 de setembro de 1925. Filho de José Chamma e de Salime Chamma, casou-se em 1955 com Celina Simionato Chamma, com quem teve seis filhos: Cesar Augusto, Júlio Cesar, Adriana Cristina, Fernanda Celina, Armando Elias e Valéria Regina Chamma. Em 1948 prestou vestibular para o curso de Medicina, ano em que ingressou na Escola de Medicina e Cirurgia, na cidade do Rio de Janeiro.

Formou-se em 1954 e especializou-se em Cardiologia na Policlínica do Rio de Janeiro. Em 1955, mudou-se para Botucatu trazido pelo primo e médico João Saliba (in memorian), quando começou então a exercer a Medicina. Foi muito bem acolhido pela população, conquistando muitas amizades devido ao jeito carismático e sempre alegre com todos. Por isso, afirmava que viveria na Cidade pelo resto da vida, assim como foi.

Foi o primeiro cardiologista de Botucatu e região, trabalhando muitos anos no antigo INPS (atual SUS) e também montou seu consultório particular. Dentro da vida profissional demonstrou liderança e espírito de iniciativa ao promover a instalação da primeira unidade de terapia intensiva de Botucatu, na Misericórdia Botucatuense, onde até hoje é peça fundamental da assistência médica oferecida naquele hospital.

Em 1970, pelo seu pioneirismo, trouxe de São Paulo uma equipe cirúrgica que realizou as primeiras cirurgias cardíacas em Botucatu. A liderança e espírito empreendedor garantiram a eleição dele ao cargo de diretor da Misericórdia Botucatuense por duas gestões.

Além de suas atividades profissionais participou ativamente da vida social e esportiva do Município. Foi médico do time de futebol da Associação Atlética Ferroviária, acompanhando a equipe por vários campeonatos, e presidente do extinto Clube 24 de Maio.

Em nome da família, Armando, um dos seis filhos de Elias Chamma, agradeceu a homenagem feita pela Prefeitura. “Eu acredito que esta homenagem não foi indicada por ter sido um dos médicos que cuidou da nossa população com tanto carinho, mas sim pela pessoa amorosa, educada e alegre com todos aqueles que ele conhecia ou não”, discursa.

Na inauguração do posto, o prefeito João Cury não economizou elogios ? figura do médico cardiologista Elias Chamma, o que emocionou ainda mais os familiares do homenageado presentes ? cerimônia. “Ele tinha a medicina como um sacerdócio. Que seus princípios e valores possam impregnar nesse prédio e toda a equipe desta nova unidade de saúde”, comenta.