Botucatu fará novo “Dia D” de vacinação contra a gripe nesta terça;procura aumentou 300% em comparação ao ano passado

A Secretaria de Saúde de Botucatu informa que, devido à grande procura por parte da população no último sábado (30), será promovido nesta terça, 03, um segundo “Dia D” referente à 18ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Ficou definido que a vacina ocorrerá das 13h00 às 17h00 em todos os postos de saúde do Município.

Vale reforçar que campanha é direcionada somente aos seguintes grupos prioritários: gestantes; mulheres no período pós-parto (até 45 dias); idosos com 60 anos ou mais; crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos 11meses e 29 dias); profissionais da saúde e pacientes com doenças crônicas [respiratória, renal, neurológica, diabetes, imunossupressão, obesos – grau III, e transplantados]. 

Para ser imunizada, basta a pessoa estar com a carteirinha de vacinação em mãos. Os portadores de doenças crônicas serão vacinados perante apresentação de prescrição médica. Já os trabalhadores da área da saúde devem levar qualquer documento que comprove a atividade profissional.

De acordo com o Núcleo de Vigilância Epidemiológica de Botucatu, somente no sábado passado foram vacinadas 10.822 pessoas, distribuídas da seguinte forma: 5.083 idosos; 2.498 crianças; 1.481 pacientes crônicos; 1.407 profissionais da saúde; 283 gestantes; e 70 puérperas.  Para se ter ideia, este volume de pessoas vacinadas é três vezes maior que o mesmo Dia D da Campanha contra a Gripe realizada ano passado em Botucatu, quando na época foram imunizados 3,5 mil pessoas.

"Acreditamos que esta maior procura esteja relacionada ao fato do assunto estar mais evidência nos meios de comunicação. Mas o importante é salientar que ninguém dos grupos prioritários da campanha deixará de ser vacinado. O segundo lote, com 10 mil vacinas, chegou nesta segunda-feira (3). Pedimos à população que tenha paciência e compreensão pois um terceiro lote de vacinas deverá chegar na segunda quinzena deste mês. Temos uma meta e vamos cumpri-la”, afirma o secretário municipal de Saúde, Dr. Claudio Lucas Miranda.

 

Ainda faltam 10 mil vacinas 

Ao Acontece Botucatu, o Secretário Municiapal de Sáude Claudio Lucas Miranda disse esperar ainda pelo menos mais 10 mil doses da vacina, o que segundo ele, seria suficiente para a cobertura vacional em Botucatu. As cidades recebem as vacinas da Secretaria de Estado da Saúde. "Se temos uma população estimada em 30 pessoas nos grupos prioritários e recebemos 11 mil para o último sábado (30) e mais 10 mil para esta terça (03), preciso de pelo menos mais 10 mil doses para garantir a cobertura vacinal estipulada", contabilizou Cláudio ao Acontece Botucatu

Se comparada com a campanha de 2015, o Dia D do último sábado (30) teve um aumento de 300%. sendo 3.500 doses o ano passado contra 10.822 no mesmo dia, segundo números passados pela Secretaria da Saíde ao Acontece Botucatu

 

Impactos e recomendações

Além de prevenir a gripe e suas complicações, a vacinação, que acontece anualmente, apresenta um impacto indireto na diminuição das internações hospitalares, da mortalidade evitável e dos gastos com medicamentos para tratamento de infecções secundárias. Também é importante salientar que a vacina não provoca gripe ou eventos adversos graves.  

No entanto vale ressaltar que a vacina não é recomendável para quem tem alergia à proteína do ovo (usada na sua fabricação) ou para as pessoas que tiveram reações adversas graves a doses anteriores. 

Outras vacinas também serão oferecidas durante a campanha. São elas: contra difteria e tétano; para os idosos ainda não vacinados ou com esquema vacinal incompleto; contra a pneumonia; e atualização de vacinas atrasadas em crianças menores de 2 anos.

 

Mais informações

Secretaria Municipal de Saúde

Rua Major Matheus, 7 – Vila dos Lavradores

Tel.: 3811-1100

 

Com informações da Assessoria de imprensa da Prefeitura