“Médicos da Alegria” participam de mutirão do bem

O projeto de extensão “Médicos da Alegria”, um dos mais tradicionais da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) promoverá, dia 18 de outubro, o 2º Mutirão da Alegria. Com o tema “E se você descobrisse que pode fazer diferente? Que tal começar Hoje?”, a proposta do mutirão é realizar ações que propaguem a iniciativa por seguir sonhos, empreendimentos e ações que favoreçam a paz, a democracia e o convívio social. A ação tem como parceiros os projetos “Sorrir é Viver”, da Faculdade de Medicina do ABC e a Liga da Alegria, da Faculdade de Medicina da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC).

Entre encenações teatrais, intervenções artísticas espontâneas, apresentações musicais e cêncas, brincadeiras e improvisos, a programação envolverá os ambientes do Hospital das Clínicas da FMB, a Central de Aulas do Instituto de Biociências de Botucatu/Unesp (IBB) e as ruas da região central de Botucatu. Estarão envolvidos alunos de vários cursos do campus da Unesp, em Botucatu, como: Medicina, Enfermagem, Engenharia Florestal, Nutrição e Física Médica.

“A intenção dessas ações é mostrar para as pessoas que se elas querem fazer diferente, não precisam ficar esperando que os outros dêem o primeiro passo. Elas podem, por si próprias, fazer alguma coisa”, destaca o acadêmico da FMB Natanael Adwardana, um dos coordenadores do mutirão.

{n}Projeto Médicos da Alegria{/n}

O projeto, criado no ano 2000, por graduandos da FMB, do Centro Acadêmico Pirajá da Silva (CAPS), tem por objetivo oferecer um ambiente menos ‘frio’ para crianças internadas no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (HCFMB). Através de visitas ? s enfermarias de Pediatria e Quimioterapia da unidade, os ‘médicos da alegria’ realizam brincadeiras e exibem pequenas montagens teatrais, apresentações de música, artes com balões, entre outras atividades.

Ao todo, 120 alunos dos cursos de graduação da Unesp no campus de Botucatu participam do projeto. Há também médicos e funcionários da própria universidade. Para isso, participam de um curso de ingresso através do qual recebem noções lúdicas e de relacionamento com os pacientes. Às segundas-feiras, a visita ocorre no setor de quimioterapia do HCFMB e toda quarta-feira, os “Médicos da Alegria” estão presentes na enfermaria de Pediatria.

Fonte: Leandro Rocha
Assessoria de imprensa da Unesp de Botucatu