Vice-prefeita de Bauru tem casa invadida e relata ‘terror’

 

Invasão na casa da Estela Almagro
Invasão na casa da Estela Almagro

“Uma noite de terror”. Assim definiu Estela Almagro (PT) a madrugada deste sábado (8), quando sua casa, na região do Estoril, foi invadida por pessoas ainda não identificadas. Ela estava sozinha no local e diz ter sido acordada quando tentavam abrir a porta de seu quarto, que estava trancada. Ao notar a movimentação, a vice-prefeita, pelo celular, acionou a PM, o vigilante do bairro e gritou por ajuda da sacada do dormitório. Neste momento, o grupo fugiu sem furtar nada.

“Tenho certeza de que eram pelo menos três homens. Eu não entendia o que eles diziam, mas conseguia distinguir timbres diferentes nas vozes. Eles deixaram minha casa completamente revirada. Nos cômodos por onde passaram, havia computadores, netbook, videogame e bebidas caras. Criaram um clima de um assalto, mas deixaram tudo”, afirma.

Estela relata que o portão eletrônico do imóvel foi quebrado, mas que a porta principal não apresentava sinais de arrombamento, outro ponto de estranhamento para a vice-prefeita, pois garante ter trancado-a no fim da noite de sexta-feira, quando um amigo que havia recebido foi embora de sua casa.

Quando a viatura da PM chegou à casa, onde Estela mora há apenas dois meses, ela se dirigiu à sacada do quarto, onde foi orientada a não deixar o cômodo até que os policiais concluíssem as buscas no interior do imóvel.

“Eles fugiram quando me ouviram gritar por socorro. Senti muito pânico”, relata a vice-prefeita, que não consegue apontar possíveis motivações para a invasão à sua residência. Na tarde deste sábado, Estela foi à CPJ, onde registrou a ocorrência.

Fonte: Jcnet Bauru