TOR apreende paraguaio com drogas na Castello Branco

Durante fiscalização a ônibus de linhas regulares pelo km 198 na SP-280 Rodovia Presidente Castello Branco, em Pardinho foi abordado o veículo que tinha como itinerário Rio Brilhante/MS a São Paulo, transportando 20 passageiros. Após entrevistas com esses ocupantes, o que estava sentado na poltrona de nº 40, um paraguaio, apresentou certo nervosismo com a presença da equipe e não dava informações precisas quanto a sua viagem.

Ao ser questionado se possuía bagagem no bagageiro externo do coletivo, o paraguaio informou aos policiais do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) que não e apresentou um RG do estado do MS, porém ao ser questionada sua idade, o estrangeiro se confundiu, não precisando seu ano de nascimento com a idade que alegava ter.

Ao observar o documento apresentado, os policiais perceberam indícios de que se tratava de um RG falso e ao vistoriarem o bagageiro do ônibus, localizaram uma mala que continha no seu interior 15,350 kg de maconha e 100 gramas de cocaína pura, sendo que os tijolos das drogas estavam envoltos em cobertores embebedados por perfume para disfarçar o odor.

O passageiro A. R. C., de 17 anos, confessou que estaria levando a droga até Belo Horizonte/MG, sendo que estava vindo de Ponta Porã/MS, além de confessar que é menor de idade e lhe foi “providenciado” o RG falso para facilitar seu embarque no ônibus e que é nascido e vive em Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

O menor foi apreendido e encaminhado juntamente com as drogas até o Distrito Policial de Botucatu, onde foi elaborado o auto de apreensão do adolescente e recolhido numa cela especial na Cadeia Pública de Itatinga, onde aguardará o julgamento que ocorrerá nos próximos dias e, posteriormente, sofrerá as medidas sócio-educativas do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA).