TOR apreende mais de 17 quilos de pasta base de cocaína

Por intermédio da ação da equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) da 3ª Companhia do 5º Batalhão de Polícia Rodoviária, por volta das 19h30 deste domingo (27), durante a realização de operação fiscalizadora de combate ao narcotráfico e demais ilícitos penais, foi apreendido grande quantidade de pasta base de cocaína, com um cidadão que estava em um veículo GM, modelo Classic, com placas de Amambaí/MS, com itinerário de Coronel Fabriciano/MS ao Rio de Janeiro/RJ. O carro estava sendo conduzido por Carlos Roberto Nogueira, de 25 anos de idade.

Os patrulheiros do TOR, quando em fiscalização pela praça de pedágio situada na SP-280 – Rodovia Presidente Castello Branco, km 208, Município de Itatinga, abordaram o Classic. Questionado ao condutor a origem bem como o destino, o mesmo informou que, por estar desempregado ? aproximadamente um mês, estava vindo de Amambaí/MS com destino a Sorocaba/SP para trabalhar em uma oficina de auto-elétrica de um parente.

O que causou estranheza aos policiais foi que quando questionado o endereço do parente em Sorocaba, Carlos Nogueira não soube responder. Diante da suspeita de que algo estava errado, foi realizada uma revista minuciosa no interior do veículo, sendo localizado no interior da porta traseira direita, dois tabletes de pasta base de cocaína.

Em ato contínuo, mais dois tabletes da mesma droga foram encontrados no interior da porta traseira esquerda e vinte tabletes escondidos em um compartimento falso no pára-choque traseiro do GM Classic. O condutor do referido veículo, informou que saiu de Coronel Fabriciano/MS e levaria o entorpecente para o Rio de Janeiro/RJ, onde receberia a quantia de R$ 10.000,00 pelo transporte e que esta seria a sua quarta viagem.

Diante dos fatos, Nogueira foi preso em flagrante delito por tráfico de drogas, sendo a ocorrência apresentada ao Plantão Policial de Itatinga, onde após ser ouvido pelo delegado Celso Taira, o indiciado foi recolhido ? carceragem da Cadeia Pública de Botucatu. Após a constatação e pesagem feita pela Polícia Técnica Científica, os 24 tabletes de pasta base de cocaína pesaram 17, 074 kg.