Serralheiro é assassinado a machadadas em Pratania

A pacata cidade de Pratania, na região de Botucatu foi assolada este final de semana, especificamente na tarde de domingo, com um violento crime cometido por João Batista da Silva, de 52 anos, tendo como vítima o serralheiro paranaense Sirineu Cardoso, também de 52 anos de idade, conhecido como Catarino. Autor do homicídio é cunhado da vítima e a desavença aconteceu na Rua 22 de Março, Bairro Nova Prata.

Apurou os policiais militares cabos Roger e Cleverson e soldado Furlan que estiveram no local que após desentendimento entre as partes por conta de ameaças (não especificado os detalhes), a vítima se encontrava com uma ripa de madeira nas mãos com o intuito de agredir o indiciado, sendo que este por sua vez se apoderou de um machado e desferiu dois golpes contra a cabeça do cunhado levando o mesmo a óbito instantaneamente.

Após consumar o assassinato, João Silva telefonou à PM e permaneceu no local aguardando a chegada da viatura para que fosse encaminhado à Delegacia de Polícia, onde o delegado Celso Olindo ratificou a voz de prisão elaborando o Boletim de Ocorrência (BO) pertinente ao caso, recolhendo o mesmo à cadeia pública de Itatinga.

Foto: Divulgação