Sem terra é preso por roubo em Terminal Rodoviário

O Grupo Especializado de Patrulhamento Motorizado (Gepam), de São Manuel atendeu a um caso de roubo â mão armada registrado no Terminal Rodoviário, tendo como vítima uma mulher de 35 anos de idade, que pediu a preservação do nome. Ela informou aos agentes que um rapaz negro, com roupas pretas, aparentando ser morador de rua, teria subtraído assaltado sua bolsa com a importância de R$ 40,00 no seu interior.

Através das características passadas, a equipe fez patrulhamento pelas imediações e logrou êxito em localizar o indivíduo. Na revista pessoal, foi encontrado em seu bolso a quantia de R$ 15,00 em dinheiro e ao ser questionado sobre a origem do dinheiro disse que é fruto de esmolas para sua sobrevivência.

No momento em que os agentes perguntaram seu nome, esboçou medo e tremedeira, dizendo chamar-se Valdecir, mas gerou suspeita. Foi conduzido até a vítima e foi reconhecido como o autor do roubo. Ambas as partes foram conduzidas ? Delegacia de Policia, pós chegar na delegacia, os agentes voltaram a perguntar o nome do indivíduo, novamente esboçando medo respondeu que é Valdir Rodrigues, gerando dúvida também na delegada. Foi necessário fazer legitimação no indivíduo para verificar seu verdadeiro nome.

O indivíduo informou aos GCM’s que é líder nacional do Movimento Sem Terras (MST), e que tinha fugido de Avaré, cidade onde mora com sua esposa, pois teria um mandado de prisão da Policia Federal contra ele, informou também, segundo a polícia, que já tinha sido preso pelos crimes de estupro, roubo, porte ilegal de armas, tráfico de drogas e lesão corporal. Por isso, mentiu seu nome, temendo ser preso novamente.

A delegada Ana Paula Teodoro ratificou a voz de prisão dada anteriormente pelos agentes e o enquadrou no crime de roubo. O mesmo foi transferido para a cadeira transitória de Itatinga, e ficou a disposição da Justiça.