Rodoviária apreende mais de 1.920 quilos de maconha

Fotos: Luiz Fernando

Foram 1.920 quilos de maconha prensada divididos em mais de 2 mil tabletes o resultado de uma ação desencadeada pela Policia Militar Rodoviária, através dos patrulheiros sargento Vendrametto, cabo Cristiano e soldado Lima, no km 197+600 metros da SP-280 Rodovia Presidente Castello Branco, próximo da base Rodoviária de Pardinho.

Os policiais realizavam patrulhamento pela rodovia quando perceberam que o caminhão VW 2524 placas CYN-1381, de Curitiba-PR, tracionando uma carreta CPG-9887, da mesma cidade, trafegava em más condições de conservação. Eles interceptaram o veículo que estava, aparentemente, vazio, porém o cheiro de maconha chamou a atenção dos policiais.

Eles, então perceberam que o piso da carroceria da carreta do caminhão tinha um fundo falso onde centenas de tabletes de maconha foram acondicionados. O condutor desse caminhão, Benedito de Oliveira, de 38 anos de idade, não reagiu ao receber voz de prisão. Ele já foi condenado a cinco anos de prisão pelo mesmo crime (foi preso com duas toneladas de maconha no Paraná), estava em liberdade provisória, faltando três meses para o término da pena.

Disse que o cavalo do caminhão é seu e foi contratado para levar a carreta carregada de droga de Cascavel- PR para São Paulo para receber R$ 5 mil. “O combinado era que quando estivesse chegando a São Paulo seria avisado do local onde deixaria a carreta. Eu ia voltar para Paraná só com o cavalo do caminhão, mas perdi”, disse Oliveira, que é casado e tem sete filhos, sem revelar se já havia feito esse mesmo trajeto antes. “Agora vamos ver
o que a Justiça vai fazer de mim”, completou.