Quadrilha estoura cofre central do Santander em Bofete

Moradores da cidade de Bofete passaram por momentos de tensão na madrugada desta sexta-feira com a ação de uma quadrilha especializada em assaltos a caixas eletrônicos.  A “bola” da vez foi a agência do banco Santander que fica na Rua Manoel Ribeiro Maracajá, região central da Cidade.

Segundo apurou a polícia a quadrilha (entre cinco a oito elementos), sendo dois armados de fuzis, adentraram a agência do Banco Santander/SA e usando artefatos explosivos e armas de grande poder de destruição,  derrubaram a porta do cofre central, entre a sala de atendimento 24 horas e o interior da agência.

Na ação efetuaram três disparos em direção ao guarda noturno, que fazia a ronda pela Cidade. Felizmente nenhum tiro acertou o alvo. Os marginais teriam usado dois veículos: um Honda Civic de cor preta e um VW/Fox vermelho e fugiram pela estrada que liga Bofete a Porangaba,  levando grande quantidade de dinheiro. Nos últimos dois anos Bofete foi atacada por cinco vezes. O último havia ocorrido há 40 dias quando a agência do Bradesco foi invadida.

 

Ataque em Porangaba

Um dia antes, ou seja, na madrugada de quinta-feira outro ataque a banco havia sido registrado na região central de Porangaba que também vem sendo vítima da quadrilha há vários meses e, assim como Bofete, já foi atacada cinco vezes.

Assaltantes armados com fuzis e explosivos estouraram dois terminais automáticos da agência bancária, que fica na Rua 4 de Julho, região central,  e dispararam tiros para o alto para intimidar moradores que estavam próximos do local.

Testemunhas revelaram que o crime foi cometido por seis marginais que chegaram em um veículo Zafira ou Tucson.  A quadrilha levou grande quantidade em dinheiros. Polícia não descarta a possibilidade de que  os dois recentes crimes tenham sido cometidos pela mesma quadrilha.