Quadrilha especializada explode caixas eletrônicos em Pardinho

Fotos: Reprodução TV Tem

Mais um furto contra caixas eletrônicos de agências bancárias da região foi registrado pela polícia na madrugada deste domingo (17), onde uma quadrilha fortemente armada com fuzis, metralhadoras e pistolas invadiu a agência bancária do Santander instalada em um posto de gasolina, que fica ? s margens da Rodovia Castello Branco, na região de Pardinho. No local quatro caixas foram estouradas.

A Polícia Militar que esteve no local após o crime ser consumado recebeu a informação de testemunhas que cerca de 20 homens teriam participado do crime. No interior do posto bancário foram encontradas cápsulas de pistola 9 milímetros e de espingarda calibre 12. Homens que ficaram do lado de fora estariam armados com fuzis.

De uma coisa a policia não tem nenhuma dúvida: a ação foi, minuciosamente, planejada com horas (ou dias) de antecedência. Possivelmente, os marginais se revezaram para circular pelo posto como clientes comuns observando a movimentação interna e efetuaram, simultaneamente, a explosão dos quatro caixas eletrônicos.

Outro dado apurado pela polícia é que os integrantes da quadrilha levaram cerca de uma hora para instalar os explosivos. Durante todo esse tempo, os funcionários ficaram trancados em uma sala. Na conveniência, ninguém entrava e nem saía. Parte dos criminosos ficou vigiando a rodovia e as entradas do posto. Dois ônibus foram parados e os passageiros ameaçados pelos criminosos.

Não bastasse isso as vítimas revelaram ? polícia que, antes de fugir, a quadrilha comemorou o crime dando tiros pra cima. Os criminosos deixaram R$ 10.800 nos caixas, que foram apreendidos, mas não foi revelada a quantia que levaram. “Nós acreditamos que as cédulas que estavam espalhadas foram manchadas com a tinta que fica no interior dos caixas, por isso eles deixaram para que as notas levadas não sejam identificadas”, observou a delegada Michela Silva Ragazzi, que confeccionou o Boletim de Ocorrência (BO).

Vale lembrar que na semana passada três caixas automáticos de dois bancos de Anhembi foram arrombados por marginais, possivelmente, pertencentes a esta mesma quadrilha que nos últimos meses vem agindo em cidades de pequeno porte da região.

Eles também já atacaram cidades como: Torre de Pedra, Bofete, Areiópolis, Santa Maria da Serra, Porangaba e Aparecida de São Manuel. A maneira de agir é bastante similar. A quadrilha usa armas de grosso calibre e dinamite e ataca cidades sabendo que o número de policiais é reduzido.

Fotos: Reprodução da TV TEM