Prefeitura de São Manuel anuncia volta da feira livre‏

Visando resgatar uma tradição e incentivar a agricultura local, a Prefeitura de São Manuel, em parceria com a Associação Comercial e Casa da Agricultura, anunciou no início desta semana o retorno da feira livre são-manuelense.  Ela irá ocorrer aos domingos das 6 às 12 horas, ao lado do Ginásio Poliesportivo “Prefeito Miltinho Monti”. A iniciativa tem o objetivo de fomentar a economia local e dar oportunidade para que agricultores do Município possam se regularizar.

Segundo o Diretor de Indústria e Comércio Saulo Brombini, “Os pequenos produtores poderão vender suas mercadorias sem o atravessador, o que garantirá bom preço para o consumidor e retorno financeiro garantido para o comerciante”, coloca. Além dos agricultores, as donas de casa que fabricam pães e compotas de doces caseiros, artesãos e lojistas poderão expor seus produtos, desde que atendam as leis vigentes de cada caso.

“Acreditamos que a abertura desta feira, também será importante para a população rural, pois será mais um canal de escoamento de sua produção de alimentos”, expõe Leme, representante da Casa da Agricultura. “É importante ressaltar a parceria com a Associação Comercial, que se responsabilizará em fornecer informações para os comerciantes sobre o projeto”, acrescenta.

Uma das exigências do prefeito Marcos Monti é que se dê prioridade a produtores e comerciantes de São Manuel. “Esta ação contribuirá diretamente com a diversificação da cadeia produtiva da horticultura em São Manuel e, consequentemente, com o desenvolvimento econômico da nossa cidade, beneficiando o trabalhador do campo, dona de casa, comerciantes e gerando empregos diretos e indiretos”, frisa Monti.

Para participar da feira livre, os interessados poderão realizar a pré-inscrições na Diretoria de Indústria e Comércio, que fica no prédio da Prefeitura, na Casa da Agricultura, com Leme, ou na Associação Comercial e Empresarial de São Manuel.

Com a regularização da atividade, espera-se que os produtores rurais são-manuelenses sejam reconhecidos como feirantes e agricultores, e não como vendedores ambulantes. A feira será organizada física e estruturalmente e contribuirá para a diversificação da cadeia produtiva da horticultura em São Manuel, o que representa o desenvolvimento social e econômico de trabalhadores do campo, geração de empregos diretos e indiretos, e incentivo a agricultura familiar no Município.