Polícia prende suspeitos de furtos e explosões na região

Fotos: Sidnei Miranda/ Folha Regional

 

Em Cerquilho, município que faz parte da região metropolitana de Sorocaba (área do Deinter 7), sete homens envolvidos com furtos e explosões de caixas eletrônicos foram presos por policiais civis da cidade, em conjunto com agentes de Boituva, da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Itapetininga e policiais militares.

Com eles foram apreendidos 02 fuzis, 01 metralhadora, 01 mosquetão, 02 pistolas, 02 espingardas calibre 12, toucas pretas, coletes balísticos, rádio comunicador, cerca de 400 projéteis de diversos calibres e dinheiro. A suspeita é que o valor encontrado seja fruto dos caixas eletrônicos furtados.

Segundo policiais da DIG de Itapetininga, onde a ocorrência foi registrada, a quadrilha vinha sendo investigada há dias e logo após o ataque ao caixa eletrônico de Cerquilho, num trabalho conjunto com a Polícia Militar, equipes foram até uma chácara no Bairro Água Branca, zona rural de Boituva, onde dois homens foram presos e denunciaram a localização de outros envolvidos.

No mesmo bairro, em outra chácara, mais quatro pessoas foram presas. Por fim, os policiais dirigiram-se até uma casa em Guareí onde o sétimo suspeito também foi preso. O bando é acusado de envolvimento em ataques a bancos nas cidades de Guareí, Torre de Pedra, Tapiraí, Conchas e Cesário Lange, todas nas regiões de Sorocaba e Itapetininga.

Embora tenham negado o envolvimento com os furtos e explosões aos caixas automáticos, os suspeitos responderão pelos crimes de formação de quadrilha, porte ilegal de arma e associação criminosa. As investigações continuam, com o objetivo de identificar e prender outros integrantes da quadrilha.