Polícia investiga tortura a criança em creche municipal de São Manuel

Monitora agrediu menina de 2 anos e a trancou em um armário, diz polícia. Prefeitura informou que suspeita foi afastada do cargo após denúncia.

A polícia investiga um caso de tortura em uma creche municipal de São Manuel. Uma menina de 2 anos teria sido torturada por uma monitora na unidade, segundo a polícia disse em entrevista à TV TEM nesta quinta-feira,24. A denúncia foi feita pela própria diretora da escola ao Conselho Tutelar. O caso aconteceu no dia 10 de março.

A polícia informou que um vídeo, gravado por um funcionário do local que mostra a monitora agredindo e trancando a menina dentro de um armário, está sendo analisado. A gravação está mantida em sigilo.

A irmã da criança disse que preferiu não ver as imagens. “Me falaram que ela trancava a menina no armário porque ela dava muito trabalho e atrapalhava as outras crianças.”

O pai da menina diz que não desconfiava das agressões. “Ela chegava na porta da escola e não queria entrar mais. Eu admirei, porque ela nunca faz isso. Eu achei que fosse manha, porque eu não sabia que ela estava sendo espancada. Mas o Conselho Tutelar me chamou falando que ela tinha apanhado e sido presa no armário. A revolta é grande, porque você cuida bem da criança e uma pessoa que nem a conhece bate”, reclama.

A família agora quer justiça. “Eu fiquei revoltada. A gente faz de tudo para dar o melhor para ela e acontece isso. Quero justiça para que ela não faça mais isso com ninguém”, diz a irmã.

Em nota a Prefeitura informou que a monitora foi afastada do cargo no mesmo dia que foi denunciada. A prisão preventiva da funcionária foi pedida pelo crime de tortura. Também foi instaurado um procedimento administrativo disciplinar para apurar a denúncia e adotar as providências necessárias.

(Fonte: G1)