Polícia elucida brutal assassinato em São Manuel

A Polícia Civil de São Manuel, depois de um trabalho feito pelos investigadores Bola, André, Marcos, Guiari, Vô e Luis, prendeu Alexandre Araújo Bispo, vulgo “Cabeção”, pela participação no homicídio contra Vinícius Henrique Quinzote Santos, na ocasião com 20 anos, ocorrido nas proximidades do cemitério municipal, no mês de maio.

Luis Guilherme Bellinetti que já está preso em flagrante por tráfico de entorpecentes e Flávio Antonio de Paula Rodrigues, vulgo “Goiabinha”, que está preso, temporariamente, pelo crime, também tiveram a prisão preventiva decretada.

{bimg:42215:alt=interna:bimg}

{n}{tam:25px}Relembrando o crime {/tam}{/n}

Vinícius Henrique Quinzote Santos foi encontrado na manhã do dia 21 de maio de 2013, por volta das 6h40, com graves ferimentos na cabeça causados por pedradas (paralelepípedo). Ele estava, totalmente, despido com o rosto desfigurado em decorrência de golpes, em um terreno há cerca de metros do Cemitério da Cidade, entre os bairros Albatroz e Cohab III.

Nas investigações preliminares os policiais apuraram que a vítima seria usuário de drogas e mantinha ligações com o submundo do tráfico e teria sido esta a razão de sua morte. No Boletim de Ocorrência (BO) consta que um grupo de homens invadiu a residência de Santos na Rua Cláudio Corrêa Silva, na Cohab 3, durante a noite, passaram a agredi-lo e quebraram alguns objetos.

Na sequência como não encontraram a “fita” que estavam procurando, obrigaram Santos a entrar em um automóvel preto (não identificado o modelo) e fugiram. No mesmo dia a equipe de investigadores já trabalhava com o nome dos suspeitos que estiveram na casa da vítima na noite que antecedeu o crime. O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) de Botucatu para ser necropsiado.