Polícia Civil destrói mais de 800 quilos de maconha

Durante a madrugada desta quarta-feira (4) a Polícia Civil de São Manuel, realizou a incineração de 850 quilos de maconha, que estavam armazenadas em Botucatu aguardando autorização judicial para serem destruídas.

Os policiais de São Manuel se deslocaram em comboio para Botucatu, carregaram a droga e se deslocaram até uma empresa sãomanuelense (que não teve o nome divulgado) que cedeu sua caldeira para a destruição do entorpecente. Acompanharam o processo, que foi sigiloso, os delegados Mário Toniato e Ana Carolina de Brito, assim como a Polícia Técnica e Científica, representante do Ministério Público e Vigilância Sanitária.

A grande maioria dessa droga é oriunda de uma apreensão feita no dia 20 de outubro do ano passado quando funcionários do Departamento de Estrada de Rodagem (DER) perceberam que um veículo Renault Magane havia capotado no km 191 da Rodovia SP-191 Geraldo Pereira de Barros, Município de São Manuel, caindo em um canavial há cerca de 100 metros do acostamento da estrada. Para surpresa dos funcionários o condutor do carro capotado saiu correndo e entrou em outro veículo (provavelmente um Gol ou Golf) e fugiu e até hoje não foi identificado.

A Polícia Militar foi acionada e constatou que esse Megane, placas AWG-8118, de Mandirituba, Estado do Paraná, estava transportando uma carga de, aproximadamente, 850 quilos de maconha prensada divididos em 884 unidades de “tijolos”, além de 380 pacotes de cigarro da marca Eigth com 10 maços cada um.

Fotos: Valéria Cuter – arquivo