PM troca tiros com latrocida e apreende maconha

A Polícia Militar (PM) de Botucatu atuando na cidade Torre de Pedra, com duas equipes de Força Tática receberam a denuncia de que um cidadão chamado Paulo Henrique de Oliveira Moura, de 20 anos de idade, autor de um crime de latrocínio (roubo seguido de morte) cometido em Carapicuiba, Grande São Paulo, estaria escondido pelo local. 

Os policiais receberam a informação de que o latrocida estaria com drogas em uma casa na Rua 14 de Fevereiro, região central da cidade e a Força Tática com o tenente Borgato, sargento Domingos e soldado Tuono com o apoio da equipe formada pelos policiais militares sargento Leonardo e cabos Gonzaga e Torrez, para lá se dirigiram, mas foram recebidos a tiros, havendo o revide. Durante a troca de tiros, Paulo foi alvejado com cerca de cinco tiros, foi socorrido ao Pronto Socorro (PS) da Unesp, porem não resistiu aos ferimentos, vindo a falecer.

Vasculhando a casa onde Paulo Moura estava refugiado os policiais encontraram quatro “tijolos” de maconha prensada pesando um quilo cada um, além de um revólver calibre 38, com numeração adulterada que foi utilizada por ele na ação.  O grau de parentesco do latrocida com o proprietário da casa não foi divulgado. Durante a operação o sargento Leonardo  feriu o joelho ao se abrigar dos disparos.

Os dados da ocorrência foram apresentados a delegacia de policia de Porangaba, onde o delegado plantonista  Antenor de Jesus Zeque elaborou ao boletim de ocorrência de resistência seguida de morte além da apreensão da arma utilizada por Paulo na troca de tiros e do entorpecentes.