PM aprende de 1, 382 kg de maconha em estrada vicinal

Atendendo denúncia pelo Distrito de laras, sobre tráfico de entorpecentes, a equipe da 2ª Companhia do 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-I), que tem sede em São Manuel e é comandada pelo capitão Aleksander Lacerda, deparou-se com dois indivíduos que ao avistarem a viatura, tentaram empreender fuga em um matagal, mas acabaram detidos. A operação aconteceu na Estrada Municipal Iaras X Anhumas, Distrito de Iaras.

Os policiais, sargento Domingos, cabo Ananias e soldados Inoue,
efetuaram busca pessoal em ambos e no interior do local onde eles estavam localizaram dois “tijolos” de maconha prensada e produtos para embalar a droga. Os indiciados Alan de Campos Santos (21 anos) Ricardo Alexandre Soares (33 anos), foram presos em flagrante e conduzidos ao Distrito Policial, para serem autuados em flagrante por tráfico de entorpecente e recolhidos ? Cadeia Pública de Botucatu.

Alan já era procurado pela justiça, por tráfico de entorpecentes e a droga apreendida foi de 1, 381 kg, além de dois rolos de papel alumínio e várias sacolas plásticas para embalagem da referida droga.

O comandante da 2ª Companhia esclareceu, ainda, que nesse mesmo local foi realizada uma recente operação policial com o efetivo do policiamento de Laranjal Paulista e apoio da Força Tática, comandada pelo tenente Colussi e atuação em conjunto com a Polícia Civil de Laranjal Paulista, com o delegado Francisco Catojo e a Delegacia de Investigações Gerais de Botucatu (DIG), com a equipe do delegado Celso Olindo, onde foi preso um individuo também procurado por tráfico e apreendidas duas armas de fogo.

“Os indivíduos presos foram os que conseguiram fugir no dia da operação e a população fez nova denuncia anônima que culminou na prisão de ambos. Por isso, é muito importante a participação da população como um todo fazendo as denuncias a policia através dos telefones 190 (PM), 197 (PC) e 181 (disque-denúncia), pois é através do trabalho em conjunto entre policia e comunidade que conseguimos manter nossa região com indicadores de criminalidade em baixa e garantindo a segurança de todos”, frisou o capitão Aleksander.