PM apreende grande quantidade de drogas e armas

Uma grande operação foi realizada com a participação do comando do 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-I) de Botucatu, na Rua Aparecido Luciano Diniz, s/n, no Município de Laranjal Paulista, com apreensão de uma grande quantidade de drogas e a prisão em flagrante de quatro pessoas indiciadas em crime de tráfico de entorpecentes.

Foram presos: Jesus João Camargo (23), Jonathan Wilson Medeiros (19), Maicon Aparecido de Oliveira (21) e Andreza Oliveira Paes (20). Os três homens foram recolhidos ? Cadeia Pública de Botucatu e a mulher ao presídio feminino de Itatinga.

Nessa operação os policiais militares apreenderam uma pistola Taurus com silenciador calibre 765; uma pistola calibre 765, Taurus, com 43 cartuchos íntegros; um revólver calibre 30, Rossi, com seis cartuchos intactos e dois coletes balísticos profissionais Imbra.

Com relação a drogas os PMs apreenderam 2.126 blisters (cápsulas) de crack e 212 porções do mesmo entorpecente envoltas em papel alumínio. O peso total de crack foi de 1.620 kg. Além disso, também foi tirado das mãos dessa quadrilha 347 porções de maconha embaladas e dois “tijolos” do mesmo entorpecente totalizando 2.386 kg. Não bastasse isso, haviam outros 255 blisters (cápsulas) de cocaína, envoltos em plástico transparente, pesando 260 gramas.

Também fez parte da apreensão 4.600 blisters (cápsulas) vazias para embalar entorpecentes, uma central de monitoramento contendo um televisor de 20 polegadas, quatro balanças de precisão e uma calculadora eletrônica.

Tudo começou quando os policiais militares Mariano e Sidney, contando com o apoio do capitão Aleksander, sargentos Milton e Domingos e soldado Moura, realizavam patrulhamento preventivo pela Rua Luciano Aparecido Diniz, na Villa Zalla, próximo a uma escola pública e se depararam com quatro pessoas que ao perceberem a viatura tentaram fugir. Dois deles foram presos (Jesus e Jonathan) e os outros dois (Andreza e Maicon) correram para o interior de um bar, mas foram perseguidos e presos.

Na revista pessoal encontraram em poder da mulher um saco plástico contendo em seu interior 113 porções de crack. Com o rapaz outras 131 porções. Com os outros dois presos (Jonatans e Jesus), também havia drogas: 16 porções de crack e seis porções de cocaína.

Prosseguindo as averiguações e contando com reforço policial, foi localizado na casa de Jesus o resto da totalidade das drogas, armas e os outros objetos usados no tráfico. Os materiais apreendidos nesta operação foram encaminhados ? delegacia de polícia onde o delegado Francisco José Zalla Catojo, elaborou o Boletim de Ocorrência (BO).

{bimg:22497:alt=interna1:bimg}