Mega operação desbarata comércio ilegal de combustível

Uma operação que contou com a participação de policiais do 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior, de Botucatu, patrulheiros da Polícia Militar Rodoviária, Polícia Militar Ambiental, além de órgãos como a Promotoria Pública, Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), Grupo de Atuação Especial (GAECO) de Bauru e Secretaria Estadual da Fazenda, terminou na prisão de um cidadão de nome Waldemar de Camargo Filho, de 58 anos de idade, que comercializava combustível em desacordo com a legislação vigente.

A operação deu-se em um posto de gasolina desativado que fica na Vila Maristela, no km 197 da Rodovia Presidente Castello Branco, Município de Pardinho, no final da tarde desta quinta-feira (26) e se prolongou até altas horas da noite e foi registrada no Plantão Permanente daquela cidade.

A polícia recebeu um comunicado do Ministério Público que, por sua vez, teve denúncia de que havia um posto de gasolina desativado onde estava sendo comercializado combustível em desacordo com a legislação, sendo solicitado a atuação da polícia para o cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência e numa borracharia, ambas, pertencentes ao indiciado.

Munidos desse mandado expedido pela juíza da 2ª vara da Comarca de Botucatu, Adriana Tayano Fanton Furukawa, os policiais se deslocaram até o local e deram o flagrante. Foram apreendidos 22 galões de 35 litros de álcool (etanol), dois galões de 20 litros de álcool (etanol), 100 litros de óleo diesel, grande quantidade de galões vazios, várias mangueiras, vários cadernos de anotações de vendas de combustível, dois recipientes vazios de 500 litros, quatro celulares de várias marcas, uma bomba elétrica de sucção de combustível, 10 munições intactas de calibre 38, um tacógrafo digital, um rádio PX cobra, dois toca CDs e três toca fitas. Já Policia Militar Ambiental fez a apreensão de oito pássaros silvestres mantidos irregularmente em cativeiro.

Ainda no local foi abordado um cidadão de nome José Denivaldo de Jesus e ao ser verificado seus antecedentes criminais junto ao Comando da Polícia Militar (COPOM) foi constatado que havia um mandado de prisão em seu desfavor e ele estava sendo procurado por crime de latrocínio (roubo seguido de morte), cometido no Estado da Bahia.

Também foi feita pela equipe da Rondas Ostensivas com Auxílio de Motocicletas (ROCAM), a apreensão de um motor VW n° UD 190859, com queixa de furto, R$ 3.164,00 em notas, R$ 445,40 em moeda, uma espingarda de pressão, um notebook e três “carcaças” de máquinas caça níquel.

A ocorrência foi apresentada no Distrito Policial (DP) de Pardinho, onde o delegado Marcelino Aparecido Ferreira, autuou em flagrante delito, Waldemar de Camargo Filho. Agora o trabalho investigativo continua para identificar caminhoneiros que paravam no posto desativado para a retirada de combustível dos caminhões tanques que estacionavam ao local, para posterior venda clandestina.

{bimg:23115:alt=interna1:bimg}