Mais uma vez. Bandidos explodem agências bancárias em Conchas

Na madrugada de sábado, 20, criminosos atacaram 2 bancos em Conchas mais uma vez. Os alvos foram Banco de Brasil, na Rua Ceará, e Bradesco, que fica na Rua Goiás, ambos na região central da cidade.

Desta vez o ataque não foi contra os caixas de autoatendimento, mas sim, os cofres das agências. Na área onde fica armazenado o dinheiro, os bandidos instalaram e detonaram grande quantidade de dinamite. O impacto da explosão foi tão forte, que algumas paredes internas foram destruídas.

Durante a fuga, a quadrilha efetuou vários disparos de fuzis e outras armas. Foram localizadas cápsulas de fuzil 556 e outras munições de menor calibre. Ainda não se sabe a quantia levada pelos criminosos, porém, do Bradesco foram levados dois coletes à prova de balas e duas armas dos vigias, que estavam guardadas em uma sala.

No Banco do Brasil uma das dinamites não explodiu e ficou intacta dentro da agência. Por este motivo, o GATE, Grupo de Ações Táticas Especiais, da Polícia Militar foi acionado para detonar o artefato. Ninguém ficou ferido e a polícia civil irá investigar o caso.

Rotina de assaltos em Conchas

No último dia 29 de janeiro outras duas explosões destruíram agências em Conchas, uma delas, do Bradesco, que voltou a ser alvo dos assaltantes neste final de semana. A explosão do mês passado foi tão forte que destruiu os vidros do prédio do conselho tutelar que fica em frente a um dos bancos. A grade de proteção da agência bancária foi arrancada na ação do grupo. Segundo a polícia não foi levado dinheiro nesta ação criminosa.

Mortes durante os crimes

Em março de 2015 um assaltante foi morto pela polícia, ainda dentro de uma agência bancária de Conchas durante uma tentativa de assalto. O homem de 30 anos estava acompanhado de outros 3 bandidos que conseguiram fugir. Os policiais foram recebidos a tiros pelos suspeitos e revidaram. Os outros 3 assaltantes fugiram sem levar nada.

2013: Quatros homens foram mortos pela polícia durante troca de tiros

Em 2013, 07 indivíduos, fortemente armados com metralhadoras, pistolas e revólveres, invadiram uma agência na rua Goiás, que estava aberta e com um grande número de clientes. Fazendo ameaças os assaltantes obrigaram as pessoas a se deitarem no chão e levaram R$ 40 mil, fugindo em dois carros.

Durante as buscas os policiais localizaram os suspeitos, que dispararam contra as viaturas. Houve o revide e 4 criminosos foram atingidos, não resistiram aos disparos e morreram. Um bandido fugiu armado com um fuzil. Foram apreendidos uma metralhadora, 05 revólveres e todo dinheiro proveniente do roubo. Nenhum dos policiais militares que participaram da ocorrência foi ferido.

 

 

Policial morto

Ainda em 2013, um policial militar foi morto durante um assalto a caixa eletrônico em Conchas. Antônio Vieira Machado Neto, ou cabo Machado, de 44 anos de idade, foi atingido por disparos de uma quadrilha com 12 homens que invadiram a cidade. Os criminosos se dividiram em 3 grupos, dois foram as agências bancárias, um ficou em frente a base a polícia militar e abriu fogo. O policial morreu no local, mesmo estando com o colete à prova de balas.