Lula visita Barra Bonita para inaugurar usina termoelétrica

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, esteve na Estância Turística de Barra Bonita, nesta segunda-feira, com a finalidade de inaugurar uma usina que usará a biomassa de bagaço da cana para produzir energia elétrica. Lula chegou ? Barra Bonita por volta das 10 horas em um helicóptero.

A usina está instalada na Unidade Cosan de Barra Bonita e a energia será utilizada para consumo próprio da “Usina da Barra” e comercializada com o governo por meio de contrato específico efetuado no leilão de energia nova, além do mercado livre. Para isso, foi recentemente criada uma nova empresa, a Barra Bioenergia S/A.

No geral, serão destinados para comercialização, no final do projeto, no ano de 2012, 470 mil MWh/ano – é o equivalente ao abastecimento de uma cidade com aproximadamente 1,8 milhão de habitantes. A usina de Barra Bonita, do Grupo Cosan, denominada Barra Bioenergia, fica na Fazenda Pau D’Alho.

Como não podia deixar de ser a presença de Lula na Barra Bonita atraiu muitos jornalistas, funcionários da Barra Bioenergia e principalmente, políticos de toda a região, que se aglomeraram próximo ao palco onde o presidente realizou seu discurso oficial.

Além da Barra Bonita, o presidente inaugurou, simultaneamente, outras oito usinas termoelétricas movidas ? biomassa do bagaço da cana-de-açúcar capazes de juntas, gerar 543 megawatts (MW) de energia. Foi da Barra que Lula comandou o lançamento das unidades.

Na passagem pela cidade, Lula esteve acompanhado do chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Luiz Soares Dulci e do ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha. No mesmo momento em que o presidente iniciou as atividades em Barra Bonita, o ministro de Minas e Energia, Márcio Pereira Zimmermann, estava presente na usina Cocal II, em Narandiba, enquanto o secretário de Energia Elétrica do ministério, Ildo Wilson Grüdtner, visitava a unidade Conquista do Pontal, no Mirante do Paranapanema.

Em seu discurso Lula ressaltou que foram investidos na usina o total de R$ 344,69 milhões, dos quais R$ 34,5 milhões pela Cosan, que construiu a central geradora termoelétrica. O total de investimentos nas oito unidades que foram lançadas hoje é de R$ 993,33 milhões.

A Usina Termoelétrica da Barra foi uma das vencedoras do primeiro leilão de energia de reserva para 2010 com a venda de 4,134 milhão de megawatts-hora (MWh) em um contrato de 15 anos. A companhia obteve um preço de R$ 156,23 por MWh, em um total de R$ 645,949 milhões pela energia fornecida, valor que seria corrigido pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Fotos: Assessoria de Imprensa
Marcos Machado