Ladrões de lojas comerciais estão sendo procurados

Policiais especializados em esclarecimentos de furtos e roubos da Delegacia de Investigações Gerais ((DIG) estão empenhados em identificar e prender os marginais que cometeram dois furtos seguidos em estabelecimentos comerciais na região central de Bofete e registrados em Boletim de Ocorrência (BO) pelo delegado Lourenço Talamonte Neto.

Um desses casos foi na Rua 9 de Julho contra a Ótica Brasil, quando os bandidos arrombaram a porta da frente do estabelecimento comercial que pertence a Francisco Carlos Furriel Pinto e levaram relógios de diversas marcas, 50 aparelhos de telefonia celular de várias marcas, 15 óculos de sol de marcas diversas, perfumes da linha Natura e outros frascos de marcas importadas, várias alianças em prata e inox e diversos cheques de clientes devolvidos pelas agências bancárias.

Duas horas depois a comerciante Paula Thais Gomes, proprietária Loja Sonia Alves Ferreira foi lesada nas mesmas circunstâncias. Desta feita na Praça da Matriz, na Rua 9 de Julho, onde a porta da frente foi arrombada. Os marginais levaram 03 televisores, 02 ferros elétricos, além de cobertor, aparelho de DVD e R$ 1.000,00 em dinheiro que estava no caixa.

Os dois casos distintos foram atendidos pelos policiais militares cabos Ronaldo e Benivaldore, que estiveram no local e colheram as impressões dos proprietários e efetuaram diligências pelas imediações do crime em buscas de pistas. Pela maneira semelhante com que os crimes foram executados, a suspeita maior da polícia investigativa é que tenham sidos cometidos pelas mesmas pessoas.