GCM atende caso de homicídio seguido de suicídio

Através de informações anônimas, a equipe do Grupo Especial de Patrulhamento com Motocicletas (GEPAM), da Guarda Civil Municipal (GCM) de São Manuel, composta pelo subcomandante Freitas e agentes Roque e Leandro, compareceu neste domingo até a Rua Cosme Sansalone, s/n, local conhecido como “fábrica de lajotas” da Prefeitura Municipal, onde vizinhos teriam ouvido barulho de disparos de arma de fogo.

Ao chegar ao local a equipe adentrou no estabelecimento e após vistoria localizaram dois cadáveres: uma mulher de nome Maria Coelho, de 43 anos, aparentemente alvejada com tiro a queima roupa na cabeça e Joaquim de Oliveira, 62 anos, funcionário da Prefeitura Municipal de São Manuel, também alvejado com tiro na cabeça. O mesmo foi encontrado com a arma do crime ainda em posse de sua mão.

Primeiras informações colhidas no local, revelam que Maria seria amante de Joaquim e ambos discutiam com muita freqüência. Após as apurações preliminares, o motivo do crime teria sido por motivo passional. Pela situação encontrada no local, a hipótese mais provável é que o homem teria assassinado a mulher e tirado sua própria vida.

O caso foi registrado em Boletim de Ocorrência (BO) e encaminhado aos policiais especializados do Serviço de Investigações Gerais (SIG), que estão trabalhando neste caso que movimentou o final de semana em São Manuel.