Filho assiste pai assassinar desafeto com barra de ferro

Um crime de homicídio foi registrado na madrugada deste domingo na Rua Angelo Redemisto Caglioni, nº 31, Jardim Ouro Verde, em São Manuel. A vítima foi Alessandro Aparecido Camilo, de 29 anos de idade e a ocorrência foi atendida pelos policiais militares cabo Fabiano e soldado Marques.

O assassinato foi revelado quando um cidadão de nome Marcos Alexandre Tineu, de 37 anos, procurou o Plantão Policial da cidade informando que um crime de homicídio havia ocorrido em sua casa.

Contou ao delegado que a vítima, no caso, Alessandro Camilo, havia pedido para dormir em sua casa, porque estava com problemas com alguém e três indivíduos (que não conhece) bateram no portão e chamaram Camilo para fora. Ele teria saído e os desconhecidos passaram a agredi-lo com uma barra de ferro, causando sua morte e fugiram em um veículo escuro.

Porém, essa versão contada por Tineu caiu por terra quando seu filho, um menino de sete anos de idade, revelou aos policiais militares que atenderam a ocorrência que o crime, na verdade, tinha sido cometido pelo próprio Tineu e não por três desconhecidos.

Alegou o menino que o acusado teria agredido Camilo na cabeça usando como arma uma barra de ferro e jogado seu corpo pela escada. O motivo do crime teria sido uma desavença por posse de algumas latinhas de alumínio (refrigerantes e cervejas) e um martelo.

Embora todos os indícios estivessem contra ele, Tineu tentou negar a autoria do crime, mas recebeu voz de prisão e foi levado do Plantão Permanente onde o delegado José Mário Toniato o enquadrou em crime de homicídio, determinado seu recolhimento ? Cadeia Pública da cidade.