Discussão em fazenda termina em assassinato

Os policiais militares cabo Marchezelli e soldado Sinvaldo, atenderam a um caso de homicídio doloso qualificado cometido na Fazenda Santa Helena, zona rural da Cidade de Itatinga. A vítima fatal foi o auxiliar de serviços gerais Leonardo Henrique da Silva, de 22 anos, que é de Botucatu e estava trabalhando naquela fazenda há cerca de um mês. Ele foi assassinado por Fábio Júnior Pedro, que também trabalhava no local e tem 22 anos.

Descreve o Boletim de Ocorrência (BO) que na noite de sábado os dois saíram da fazenda e foram até a região central de Itatinga onde beberam juntos em um determinado bar e retornaram ? fazenda antes da meia noite trazendo mais bebida alcoólica (pinga) e foram ? casa onde mora Fábio Júnior. Lá, já embriagados, passaram a discutir por motivos banais e acabaram entrando em luta corporal. A namorada de Leonardo conseguiu convencê-lo a sair do local e levá-lo para sua casa. Ele aceitou, mas retornou sozinho durante a madrugada ? casa onde Fábio Júnior havia permanecido.

Ambos passaram a discutir novamente e Fábio Júnior apanhou uma faca de cozinha e saiu, alegando que iria relatar o caso ao administrador da fazenda e Leonardo teria ido atrás. Na versão de Fábio Júnior consta que durante o trajeto Leonardo o teria abraçado e este acabou desferindo duas facadas nas suas costas. Mesmo ferido Leonardo saiu correndo e Fábio Júnior relatou ao administrador todo o entrevero, enfocando que a vítima estava ferida e correu para buscar socorro.

A PM foi acionada e não teve dificuldade para prender em flagrante o autor do crime que já estava esperando na porteira de entrada da fazenda e não esboçou nenhuma reação. Questionado, confessou que havia desferido as facadas contra seu oponente, porém teria alegado que ele, mesmo ferido, havia fugido para buscar socorro e deveria estar em um hospital. Entretanto, Leonardo foi encontrado na manhã de domingo (13) caído, já sem vida, próximo a uma casa da fazenda, cerca de 50 metros do local onde havia sido esfaqueado.

Com a confirmação da morte, Fábio Júnior foi indiciado em crime de homicídio qualificado e recolhido ? Cadeia Pública de Botucatu. Já Leonardo Silva, foi velado nesta segunda-feira (14) no Complexo Funerário Orlando Panhozi por parentes e amigos para ser sepultado no Cemitério Portal da Cruzes.