Desvio de carga é flagrado pela PM em Porangaba

Um caso de desvio de carga (estelionato) foi registrado em uma borracharia instalada no km 167, pista leste, da Rodovia Presidente Castello Branco, no Bairro Saltinho, município de Porangaba, em um barracão onde funcionava um restaurante. Três pessoas foram presas em flagrante e um quarto elemento que teria participação no crime fugiu e está sendo procurado.

Nessa operação policial deflagrada pelos policiais militares, sargento João Batista e soldado Antônio Marcos, dois veículos de carga foram apreendidos: um caminhão/tanque CZX-6864 de Itupeva/SP tracionando um bi-trem tanque Volvo FH 400, com um carregamento de álcool, conduzido por Fábio Alexandre Duarte de 30 anos, e um caminhão Volvo, placas MGS-3402, de Tubarão/SC, tracionando um bi-trem graneleiro com um carregamento de açúcar, conduzido por Alício de Jesus Rodrigues, 40. Os dois motoristas foram indiciados, assim como um cidadão de nome João Marins de Camargo, 56, que seria o proprietário da borracharia onde o crime teria sido cometido.

No histórico policial sobre esse caso, consta que a guarnição estava efetuando patrulhamento pelo local quando os PMs desconfiaram dos dois caminhões citados que estavam no pátio de uma borracharia de nome “Zé Uai”, uma vez que as mercadorias (álcool e açúcar) estavam sendo retiradas dos dois veículos de carga.

Na operação os três indivíduos indiciados foram abordados e acabaram confessando que estavam desviando parte da carga dos caminhões. Um quarto elemento que estava no local fugiu em uma caminhonete, quando percebeu a viatura. Mas a polícia já tem sua identificação e ele deverá ser preso nas próximas horas, já que foi apontado como cúmplice desse estelionato.

Nas investigações preliminares, a PM constatou que o receptador do álcool é próprio proprietário daquela borracharia e o receptador do açúcar seria o quarto elemento que fugiu e está sendo procurado. A caminhonete estava sendo usada para transportar o açúcar desviado. Na fuga alguns sacos de açúcar foram levados na carroceria. Apurou a polícia que o combustível seria descarregado na Refinaria de Paulínia e o de açúcar tinha como destino o Porto de Santos.

O Boletim de Ocorrência foi elaborado pelo delegado José Sérgio Palmieri, que determinou que os acusados desse desvio de carga (estelionato) fossem presos e recolhidos ? Cadeia Pública. O delegado ressaltou que esse tipo de crime não é raro em rodovias.

“Uma minoria de caminhoneiros desonestos fazem acordo com pessoas que tenham uma propriedade ou um barracão ? s margens das rodovias para desviarem mercadorias. Eles retiram uma quantidade pequena por vez para não despertar suspeitas na entrega. Felizmente a PM conseguiu flagrar o estelionato que estava sendo cometido e os autores foram encaminhados ? cadeia e estão ? disposição da Justiça. Agora estamos trabalhando para que o quatro envolvido seja preso”, colocou Palmieri.

Vale lembrar que além do álcool o caminhão tanque carregava outros tipos de combustíveis como thinner e gasolina, acondicionados em recipientes plásticos e também estão apreendidos. As empresas proprietárias dos veículos de carga foram notificadas do crime e os caminhões foram entregues.