Curso visa padronização das ações da GCM na região

Em cerimônia realizada em São Manuel, na Praça Altar da Pátria, localizada na Rua Sete de Setembro, aconteceu a formatura do Curso de Formação ministrado pela Guarda Civil Municipal de Botucatu. Em pouco mais de três meses, com carga horária de 640 horas, que envolveu aulas práticas e teóricas, 22 GCMs de São Manuel e cinco de Pratânia foram treinados como proceder em atividades de rua, nas abordagens e revistas de suspeitos, patrulhamento comunitário, entre outras ações.

A iniciativa busca padronizar a prestação de serviços na área de segurança pública nos municípios da região. A solenidade contou com as presenças dos prefeitos João Cury Neto (Botucatu) e Tharcílio Baroni Júnior (São Manuel); do vice-prefeito de Pratânia, Daniel Luiz de Carvalho, que representou o prefeito Prof. Marcos; do secretário de Segurança de Botucatu, Dr. Adjair de Campos; do presidente da Câmara Municipal de São Manuel, Paulo Zaparolli; dos comandantes das GCMs de Botucatu, Paulo Renato da Silva; de São Manuel, José Aparecido Gomes e de Pratânia, Jurandir José dos Santos; além de outras autoridades e familiares dos formandos.

Os representantes do Poder Executivo dos três municípios foram homenageados pela atenção e pelos investimentos que estão sendo feitos na área de segurança pública. As madrinhas e os padrinhos dos formandos fizeram a entrega do brevê e do diploma a cada um deles. Escolhido como orador da turma, o GCM de São Manuel, Leandro Luchesi Furlan ressaltou que a segurança pública, por muito tempo, ficou esquecida pelos municípios, por conta da Constituição apontá-la como dever do Estado.

“Hoje as forças de segurança devem atuar de forma integrada, sem avançar nas suas competências e atribuições. Mudanças não se fazem necessárias, mas obrigatórias”, discursou.

A filha de Luchesi, a pequena Lívia, foi um dos destaques da cerimônia. Vestida com fardamento semelhante ao dos GCMs, ela acompanhava os movimentos da tropa e ajudou a entoar a Canção da GCM. A garotinha foi muito requisitada pelos fotógrafos e pouso ao lado dos prefeitos de Botucatu e São Manuel.

Ex-delegado em São Manuel, o secretário de Segurança de Botucatu, Adjair de Campos, ressaltou o apoio que tem recebido por parte do prefeito João Cury, que em apenas um ano de mandato dobrou o contingente da GCM, investiu na compra de armamento e de viaturas para melhoria das condições de trabalho dos agentes e ampliação da prestação de serviços.

“Rodamos mais de vinte e dois mil quilômetros por mês. Fico feliz no dia de hoje pelo fato dos GCMs terem sido capacitados. A GCM não precisa de heróis. Precisamos de homens e mulheres que saibam lidar com as pessoas e que voltem vivos para suas casas”, disse.

Em seu discurso, o prefeito de Botucatu destacou a necessidade de um trabalho integrado entre as Guardas Municipais e outras forças de segurança dos municípios da região. “O bandido, o ladrão, o traficante não respeita as fronteiras geo-políticas. Por isso precisamos de uma ação planejada e integrada. Até porque não se constrói segurança pública sozinho”, disse João Cury.

Apesar de considerar importante os investimentos em novos veículos, fardamento e armamento para a GCM, o chefe do Executivo ressaltou que o foco principal deve estar nas pessoas. “A finalidade principal é o homem, o ser humano, o profissional que nos protege. Em Botucatu, mostramos que não basta ter a Guarda Municipal, é preciso capacitá-la. Em nossa cidade quebramos paradigmas. A GCM era tida como grosseira, truculenta e hoje é reconhecida como uma Guarda Cidadã, amiga das pessoas. É um de nossos tesouros”, afirmou.

Por sua vez, o prefeito de São Manuel agradeceu a colaboração da GCM de Botucatu para qualificação de seus agentes e dos de Pratânia. “Hoje é um dia muito feliz para todos nós. Nossos guardas passaram por uma qualificação de nível internacional”, disse Baroni.

Fotos: Divulgação