Casal em Bofete morre por causa de incêndio criminoso

Fotos: Sidnei Miranda/Folha Regional

 

Uma crise de ciúmes teria motivado Marcondes Rodrigues de Souza, de 58 anos,  a atear fogo na casa onde ele morava com a esposa Maria Englacia da Conceição, de 50 anos  na Rua Raul Rosa, Jardim Seriema, em Bofete,  na tarde desta quarta-feira. A ocorrência foi atendida pelos policiais militares cabos Roberto e Vieira.

De acordo com o que está descrito em Boletim de Ocorrência (BO) testemunhas perceberam que havia fumaça saindo da casa e o fogo se propagou muito rapidamente. Ao perceberem que havia pessoas na casa os vizinhos arrombaram a porta e o casal foi retirado com graves queimaduras pelo corpo.

Ambos foram encaminhados ao Pronto Socorro (PS) do Hospital das Clínicas (HC) da Unesp de Botucatu, com a maior parte dos corpos queimada. Entretanto não resistiram aos ferimentos ocasionados pelas queimaduras e vieram a falecer. O corpo do casal foi sepultado nesta quinta-feira no Cemitério de Bofete.

Foi a propria filha do casal que teria declarado aos policiais militares que seu pai, por ciúmes,  já havia ameaçado atear fogo na casa. Para causar o incêndio Marcondes Souza teria usado gasolina que levou em um galão de cinco litros.