Artesp analisa propostas para a SP-255 antes de abrir licitação

 

Rodovia do Açucar, Cidade de Avaré até Barra Bonita Rodovia SP 255- Deputado João Lazaro Almeida Prado
Foto Jcnet: Rodovia do Açúcar, cidade de Avaré até Barra Bonita

Terminou nesta semana prazo para consulta pública do lote de concessão que inclui trechos da rodovia SP-255, entre eles o que passa por Barra Bonita. Agora, a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) irá analisar as propostas feitas para poder licitar as obras.

A SP-255 está incluída no chamado Lote Rodovias dos Calçados (Itaporanga-Franca) do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, que abrange o total de 747 quilômetros distribuídos entre dez rodovias e 35 municípios. Segundo a Artesp, com o fim da consulta pública na terça-feira (27), técnicos do órgão irão analisar as contribuições enviadas e a possibilidade de incluí-las no projeto. “Só após essa análise é que será publicado o edital de licitação, em data ainda a ser definida”, diz.

A agência explica que o prazo para a entrega de propostas pelos interessados é de 90 dias após a publicação do edital. “Ainda não há definição dos trechos onde serão instaladas as praças de pedágios e nem uma definição dos valores das tarifas”, revela.

O órgão confirma que existe “previsão” de duplicação da SP-255 entre os quilômetros 137 e 147; 155 e 179; 288 e 297; 83 e 137; 179 e 237; 297 e 320; 334 e 357; e 48 e 75. Ainda de acordo com a Artesp, nos documentos do processo de licitação para concessão do lote, existe apenas proposta de implantação de praças de pedágio na rodovia SP-255, nos quilômetros 167 e 228. A previsão é de que os investimentos nesse lote cheguem a R$ 4,6 bilhões ao longo dos 30 anos de concessão.

“Desse total, R$ 2,9 bilhões são referentes à restauração de pistas e R$ 920 milhões para a ampliação principal da malha rodoviária – principalmente a duplicação de mais de 110 quilômetros da SP-255 entre as regiões Central e de Bauru e de cerca de 30 quilômetros da SP-318”, informa.

“Além disso, com a nova concessão, o valor do pedágio deverá ficar aproximadamente 20% menor em comparação com os valores hoje praticados. Outra novidade que beneficiará os usuários é que aqueles que optarem por utilizar pagamento eletrônico de pedágio também terão tarifas 5% menores”.
 
Audiência

Em abril, representantes de cidades da região participaram de audiências públicas em Barra Bonita e Jaú para discutir a concessão da rodovia SP-255. Na ocasião, eles defenderam a duplicação, mas sem instalação de praças de pedágio.

Fonte:Jcnet