Vereadora questiona custo da iluminação pública

A vereadora Rose Ielo (PT) direcionou dois importantes requerimentos, aprovados pela unanimidade dos demais legisladores. No primeiro ela questiona o Executivo a respeito da iluminação pública da cidade e seus custos. No segundo, solicita mais segurança para os moradores do Distrito de Anhumas.

A questão referente à iluminação pública, que a partir de 2015 será de responsabilidade do município, já foi levantada pela vereadora. “Já apresentei um requerimento e tive apenas metade das questões levantadas respondidas. O fato é que toda manutenção da iluminação será de responsabilidade da Prefeitura no próximo ano, seja na troca de braços de luz danificados, lâmpadas queimadas ou qualquer outro serviço e precisamos de transparência nesse processo”, comentou.

Nos questionamentos apresentados pela vereadora estão: informações sobre se além da arrecadação da Contribuição de Iluminação Pública e dos Royalties, houve recursos próprios da Prefeitura ou dos governos Estadual e Federal investidos na distribuição e manutenção da iluminação pública, em quais períodos e locais e informações sobre os investimentos do projeto “Luz Para Todos” na zona rural da cidade.

No segundo requerimento a vereadora aborda os problemas enfrentados pelos moradores do Distrito de Anhumas, com a ausência de um policial Militar residindo no local. “A reclamação dos moradores é que hoje não existe mais policial morando no Distrito ou um patrulhamento constante na região e isso é um problema muito grave, já que a distância entre Botucatu e Anhumas é grande pra que se atenda uma ocorrência”, justifica Rose, que pede providências ao comandante do 12º Batalhão da PM.