Vereador quer que ALL repare danos na estação ferroviária

Em sessão legislativa o vereador Lelo Pagani questionou a empresa América Latina Logística (ALL) para que seja responsabilizada pela reforma de uma parte do telhado da antiga estação ferroviária, destruída por uma locomotiva. Ele também se mostra preocupado com problema que vem se arrastando há vários anos em Botucatu, com o grande número de vagões que estão se deteriorando em frente do pátio da estação.

“Foram os trens dessa corporação que causaram boa parte dos estragos que vemos hoje naquele local, portanto, não há nada mais justo que se cobre da mesma empresa para que ela arque com as despesas de todos os danos causados”, argumentou Pagani, que também busca uma solução para os vagões que estão expostos às intempéries do tempo.

O parlamentar lembra que Estrada de Ferro Sorocabana (EFS) foi fundada em 1872 a partir de então foi o meio de transporte que alavancou o desenvolvimento de São Paulo, depois passou a se chamar Ferrovia Bandeirantes (Ferroban), sucessora da Ferrovia Paulista Sociedade Anônima (Fepasa). Hoje a malha ferroviária é usada pela empresa ALL apenas para transporte de carga.

“Atualmente, o cenário é de desolação e quem vai ao local não pode deixar de ficar entristecido observando a situação degradante em que chegou o patrimônio ferroviário”, disse o parlamentar.  “Não bastasse isso os velhos vagões que ainda estão nos trilhos rodeados de matos, são usados como casa de andarilhos, ou para prática de sexo e consumo de drogas. É necessário que alguma coisa seja feita e pretendo levar essa situação para ser debatida em uma audiência pública com os mais diferentes setores da sociedade”  acrescenta.