Vereador quer isentar bairro da tarifa do pedágio

Preocupado com a situação de alguns botucatuenses que precisam pagar pedágio para transitarem dentro do próprio município, o vereador Reinaldo Mendonça Moreira – Reinaldinho (PR) utilizou seu espaço durante a última sessão ordinária realizada na Câmara Municipal de Botucatu para apresentar um pedido por isenção de tarifa do mesmo. O pedido foi aprovado pela unanimidade dos demais legisladores.

O documento, que foi encaminhado ao governo do Estado e também à Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo – ARTESP,  pede para que sejam isentos de pagamento das tarifas do pedágio, os munícipes botucatuenses que residem no loteamento Chácara de Recreio Boa Vista, os quais se obrigam a passar pela praça de pedágio quando se deslocam das suas residências para exercerem suas atividades profissionais dentro da mesma cidade.

Para Reinaldinho, tal situação é inaceitável. “São diversas famílias que pagam em dia suas obrigações, que residem em uma área de Botucatu, mas que para que possam trabalhar são obrigadas a pagar diariamente as tarifas do pedágio, já que residem um quilômetro depois do mesmo”, comenta. “Isso é extremamente prejudicial e compromete o direito de locomoção desses munícipes, dentro da própria cidade em que residem”, conclui o vereador.

O citado loteamento está localizado na margem esquerda da Rodovia Marechal Rondon, no km 261, sentido de quem vai de Botucatu para São Manuel. Desde 2012 o vereador vem lutando por benefícios para os residentes da região. “Não é a primeira vez que apresento a solicitação pela isenção da tarifa e seguirei pedindo, até obter sucesso, já que se trata de uma questão indiscutivelmente justa”, afirma Reinaldinho.