Vereador busca alternativa para o descarte de resíduos

Botucatu convive há muitos anos com um grave problema ambiental, que é o descarte irregular de lixos e entulhos em áreas verdes, de preservação ambiental. Buscando uma alternativa para o problema, o vereador Lelo Pagani (PT) apresentou um requerimento para criação de um projeto semelhante ao EcoTudo, criado na cidade de Votuporanga-SP.

O EcoTudo foi o primeiro ponto de coleta de lixo domiciliar do Brasil a atender a população durante 24 horas, recebendo todo tipo de resíduo. São dois grandes galpões estruturados pela Prefeitura onde o morador pode descartar desde entulhos de construção, podas de árvore, óleo de cozinha, móveis velhos, roupas, sapatos, até lixos eletrônicos, entre outros. De lá, todo material é separado e recebe o destino correto.

Para o vereador, a criação de algo parecido com o EcoTudo é urgente. “Botucatu é uma cidade rica em paisagens naturais, com incontáveis recursos e com lixo e entulho na maioria dos casos. É perturbador para qualquer um que lute por um mundo melhor, passar por uma área de preservação ambiental e se deparar com móveis antigos, latas e todo tipo de resíduo que não poderia estar naquele lugar de maneira nenhuma”, comentou. “Fora que geralmente esses locais acabam sempre se tornando focos de incêndios”, complementou Pagani.

A ideia do requerimento é cobrar do Poder Executivo, uma medida real sobre o problema. “A culpa maior é sempre do cidadão que foi até o local e realizou o descarte, não há como negar, mas se é possível investirmos em algo que vai oferecer a esse mesmo cidadão, um local adequado para que ele deixe seus resíduos, aí sim estaremos caminhando para uma evolução muito grande, principalmente para uma cidade que quer se consolidar cada vez mais como centro turístico natural”, enfatizou o legislador.