Secretário de Energia José Aníbal faz visita a Botucatu

O deputado federal e secretário estadual de Energia, José Aníbal, esteve em Botucatu na noite de quarta-feira (19) para manifestar publicamente seu apoio ? reeleição do prefeito João Cury (PSDB). Na sede do comitê central da campanha, Aníbal foi recebido por candidatos a prefeito e a vereador de vários municípios da região, gravou depoimentos de apoio e posou para fotos ao lado de militantes tucanos.

Político sempre bem votado em Botucatu, em razão da relação próxima que mantém há muitos anos com a cidade, através do ex-prefeito Jamil Cury e do ex-deputado Milton Flávio, Aníbal lembrou que em 2008 já havia manifestado seu apoio ao candidato João Cury, que ocupava o último lugar nas pesquisas eleitorais.

“O João partiu do princípio correto. A eleição dele foi um voto de confiança numa história que ele representa até familiar dentro do PSDB. Era um certo risco, jovem, sem experiência administrativa, mas ele soube estar ? altura, se empenhou fortemente, se relacionou com governador, deputados, senadores no sentido de obter convergências a favor de Botucatu. E, sobretudo, sedimentou a relação dele com o povo de Botucatu”, colocou.

Com visão ampla, prossegue Aníbal, ele (João) sempre esteve interessado em atrair investimentos, novas formas de ensino, qualificação. “Trouxe o novo Fórum, fez investimentos na área hospitalar. Ele fez muito bem o dever de casa, tem ampla aprovação e merece a renovação do seu mandato”, afirmou o secretário. Entre as conquistas que ajudou a trazer para Botucatu, revela um carinho todo especial pela implantação da Fatec (Faculdade de Tecnologia), que acaba de completar 10 anos de funcionamento na cidade.

“A faculdade começou em um prédio tímido e já multiplicou por dez o número de alunos. Acho que hoje teríamos que dar um salto no processo de qualificação pelas Fatecs e Etecs. Passar dos atuais 300 mil alunos atuais para um objetivo audacioso de 1,2 milhão de alunos. Devemos partir para parcerias com empresas, prefeituras, encontrar formas criativas para multiplicar o número de vagas. O governador Geraldo Alckmin tem muita sensibilidade para isso”, disse.

O secretário anunciou que já mantém entendimentos com o prefeito João Cury para celebrar uma parceria com o município de Botucatu com objetivo de desenvolver um programa de eficiência energética. Isso, segundo o secretário, significa melhorar a iluminação pública, dar mais intensidade ? iluminação pela cidade afora, dar mais segurança com a substituição de lâmpadas através de inovação tecnológica e contemplar equipamentos públicos como hospitais e presídios.

“Já conseguimos no estado uma economia de cerca de R$ 1,6 milhão/mês. Estamos refazendo os contratos de energia e queremos fazer isso em algumas cidades. Botucatu é o município apropriado para que tenhamos um resultado favorável. Cada tostão que se economiza em gestão, o João tem demonstrado competência para aplicá-lo bem em alguma área que interessa ? população”.

Prefeito salientou que agora, como secretário de estado, José Aníbal coloca Botucatu no mapa do desenvolvimento e mostra que o município é prioridade para a Secretaria de Energia nesse trabalho de eficientização energética que será promovido. “Nossa ideia é colocar lâmpadas led em toda a cidade. Não é uma coisa fácil, mas vamos transformar esse sonho em realidade. Na primeira etapa do Ilumina Botucatu investimos R$ 1,8 milhão e agora vamos fazer a segunda etapa levando o mesmo tipo de eficiência energética para outros bairros”.

Cury também fez questão de destacar a importância da participação do secretário na solução de outro problema grave: a Vila dos Pescadores no Porto Said. “Ele está conosco nesse que é um dos maiores desafios que o município enfrenta. Estamos trabalhando para acabar com aquela favela e colocar as pessoas próximas ao rio, mas em uma condição digna em relação a moradia. Há um projeto bem articulado pelo secretário José Aníbal que chamou ? mesma mesa a Prefeitura, AES Tietê, Sabesp, CPFL e encontramos uma solução para aquelas famílias. Tenho certeza que no próximo governo, com ajuda desses parceiros, vamos resolver mais esse problema”, anunciou.