Propositura está visando convênio de saúde ? PM

A Superintendência da Cruz Azul de São Paulo e a Superintendência da Caixa Beneficente da Polícia Militar do Estado de São Paulo estão analisando a possibilidade de efetuar convênio com o Hospital das Clínicas (HC) de Botucatu, com o objetivo de garantir que os policiais militares de toda a área do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM-I), de Botucatu, que agrega 13 municípios da região, e seus familiares possam gozar do atendimento médico.

A proposta é do vereador Reinaldo Mendonça Moreira – Reinaldinho (PR). Ele enfatiza que a Cruz Azul de São Paulo não proporciona atendimento médico a seus contribuintes, no interior do Estado de São Paulo e os valores descontados através do Código nº 70.018 são obrigatórios. Lembra que por falta de atendimento médico, houve a necessidade de criar-se a Associação Policial de Assistência ? Saúde (APAS), para que as famílias dos policiais não ficassem sem assistência ? saúde, e muitos policiais passaram a arcar com duas contribuições para ter a assistência.

“É direito das famílias dos policiais militares terem o atendimento médico no interior, uma vez que, obrigatoriamente, pagam as suas contribuições. Considerando que em caso semelhante, o Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (IAMSPE) efetuou convênio com o HC, proporcionando todo o atendimento médico aos familiares dos funcionários públicos, inclusive aos policiais civis e que através de ofício a Superintendência informou que quando houvesse disponibilidade de recursos estudaria a implantação de convênios no interior do Estado. Por essa razão é que estou sugerindo esse convênio entre Cruz Azul e HC de forma a garantir atendimento médico aos policiais militares”, destaca Reinaldinho.