Projeto prevê benefícios a 8.400 caminhoneiros

O vereador Lelo Pagani (PT) recebeu na Câmara Municipal, a visita do sindicalista Francisco Carlos David (foto), representante do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas em Geral do Município de Botucatu e Região (Sindicam). Durante a conversa, o legislador entregou o Projeto de Lei que tornou utilidade pública a entidade na cidade.  

A entidade agora poderá iniciar suas atividades no município. Hoje a região de Botucatu conta com aproximadamente 8.400 caminhoneiros autônomos que serão beneficiados com a formalização do Sindicam, já que a entidade oferecerá uma série de benefícios conquistados junto aos ministérios do Transporte e do Trabalho e outras grandes redes particulares, para associados.

Para o sindicalista, o fato de o Sindicam ter se tornado de utilidade pública auxiliará no desenvolvimento do mesmo. “Vamos pleitear agora uma área junto ao município e nas margens da rodovia para nos instalarmos e montarmos toda estrutura que os caminhoneiros merecem, com borracharia, refeitório, alojamento, combustível, entre outras coisas. Será algo de primeiro mundo e Botucatu deverá ser a segunda de 18 cidades que serão contempladas com toda essa estrutura”, explicou Francisco Carlos.

De acordo com o vereador, os benefícios serão muitos. “A verdade é que esse sindicato representa mais de oito mil profissionais autônomos de Botucatu e cidades próximas e sua missão e filosofia de estabelecer melhores condições de trabalho e vida a seus associados, desenvolvendo projetos de caráter social e econômico por meio de parcerias devem ser valorizadas pelo tanto de coisas boas que virão com o fortalecimento do mesmo”, justificou Pagani, autor do Projeto de Lei. “E vamos cobrar pra que isso realmente aconteça. Estarei sempre de olho”, completou.