Projeto do Parque Tecnológico é apresentado aos vereadores

Nesta quarta-feira (9) aconteceu uma reunião na sede da Câmara Municipal para apresentação do projeto do Parque Tecnológico aos vereadores. A reunião foi marcada atendendo ao solicitado no requerimento n° 609/2013 de autoria do vereador Lelo Pagani (PT) que julgou ser importante uma explanação por parte do Poder Executivo sobre em qual fase de implantação está o Parque Tecnológico de Botucatu.

Participaram do encontro os vereadores Ednei Carreira (presidente da Câmara Municipal), Lelo Pagani, Izaias Colino (PSDB) e Rose Ielo (PT), além do Secretário Municipal de Desenvolvimento, Edison Baptistão e do Secretário Adjunto da Subsecretaria de Ciência e Tecnologia, Carlos Alberto Costa, este que fez uma explanação sobre o projeto e infraestrutura do Parque tecnológico e os vereadores aproveitaram a ocasião também para sanar dúvidas sobre os projetos de lei que tramitam sobre alteração de artigos na lei dos microempreendedores Individuais e sobre incentivos a inovação tecnológica.

“É importante debater a questão com os vereadores da Câmara Municipal e também uma oportunidade de mostrar a fase em que se encontra a construção do Parque Tecnológico que será uma grande oportunidade de desenvolvimento para o nosso município que poderá se tornar referência no setor”, destaca Costa.

De acordo com o secretário adjunto, o Parque Tecnológico envolve investimentos dos Poderes Públicos, conta com o apoio do setor acadêmico da cidade e também envolverá os empresários que acreditam no crescimento comercial e industrial de Botucatu. As obras do Parque Tecnológico encontram-se em fase adiantada com a previsão de término da infraestrutura para o final deste ano e com o início das atividades previstas para março de 2014.

O Parque Tecnológico está sendo criado com o intuito de realizar gestão de conhecimento, dar apoio a Projetos de Ciência e Tecnologia, além de propiciar a geração de empregos. O Parque envolverá projetos de bioprocessos e tecnologia com a possibilidade de abranger diversas áreas em nossa região como saúde animal, produção agrícola, alimentos, bioenergia, logística, entre muitos outros contando com o apoio das faculdades da Unesp em Botucatu, Prefeitura Municipal, Câmara Municipal, Sebrae, Ciesp/Fiesp, Fatec e Governo do Estado de São Paulo. Conta com uma área total de 355.882,577 m2 e está localizado na Rodovia Gastão Dal Farra km 7+120 m.