Projeto beneficia pessoas com mobilidade reduzida

Unanimidade. Assim os parlamentares da Câmara Municipal de Botucatu se manifestaram com relação a votação do Projeto de Lei n° 13/2013, de autoria do vereador Izaias Colino (PSDB), que dispõe sobre a prioridade de matrícula para pessoas com mobilidade reduzida em escola mais próxima de sua residência.

Colino justifica a propositura salientando que apesar de grandes avanços que ocorreram recentemente, o Estado brasileiro ainda necessita desenvolver ações que contribuam para as transformações dos paradigmas assistencialistas, permitindo que o portador de deficiência ou de mobilidade reduzida, seja sujeito no processo de desenvolvimento do país, exercendo sua plena Cidadania.

“O projeto pretende conferir a pessoa com mobilidade reduzida garantias de inclusão ao sistema de ensino municipal, tirando do papel algumas idéias e propiciando inclusão na prática, ou seja, a pessoa com mobilidade reduzida terá o direito de se matricular na instituição de ensino mais próxima de sua casa, evitando transtornos e dando mais comodidade a esse segmento da sociedade que necessita de nossa atenção”, explicou o vereador tucano. “Fico muito feliz com a aprovação desse projeto que, tenho certeza, será muito útil a nossa população”, emendou.