Partido Verde começa a se articular para as eleições de 2012

Embora pareça um pouco cedo o Partido Verde (PV) de Botucatu começa a se articular para buscar novos filiados visando as eleições de 2012. Recentemente, integrantes do partido estiveram fazendo uma vista ao secretário de Saneamento Básico e Recursos Hídricos de Estado de São Paulo, Edson Giriboni, que é do PV, convidado pelo governador Geraldo Alckmin a fazer parte do seu secretariado.

Esteve nessa reunião com o secretário, Edson Silva Xavier, presidente do PV de Botucatu, Milton Bosco vice-presidente e ex-candidato a prefeito e o vereador Abelardo da Costa Neto. Não esteve nessa reunião, por motivos particulares, o empresário Pedro Manhães, que foi o candidato do PV a deputado federal nas últimas eleições e teve uma boa votação, mas não conseguiu se eleger.

“Nessa visita pudemos conhecer o gabinete do deputado e o parabenizamos pelo fato de ser secretario do governador representando PV e discutir as diretrizes do partido. Ele falou do carinho que tem por Botucatu, inclusive, se colocou a disposição para atender as reivindicações da Cidade. Lembrou que já trabalhou em nossa cidade na Ferrovia Paulista Sociedade Anônima (Fepasa) como engenheiro e tem muitos amigos aqui. Estamos agendando uma visita sua ? Botucatu”, colocou Xavier.

Sobre o caminho que o partido irá adotar nas próximas eleições para escolha do prefeito e vereadores em 2012, o engenheiro Milton Bosco revelou que o partido ainda não tem um direcionamento sobre qual caminho irá adotar e não definiu se lançará candidato próprio ao cargo de prefeito.

“O que está definido é que o PV irá ter um grupo de candidatos a vereador para aumentar sua bancada na Câmara Municipal. Por isso estamos conversando com pessoas ligadas aos mais diferentes segmentos da sociedade que tenham compromisso com o Meio Ambiente para que entrem nessa luta conosco e se filiem ao partido”, comentou Bosco, adiantando que não pretende ser candidato.

“Não está nos meus planos disputar mais uma eleição para prefeito e já esclareci isso ao partido. Podemos concorrer com candidato próprio ou fazer parte de uma coligação. Mas, isso será definido somente no ano que vem. Este ano vamos procurar reestruturar o partido para concorrer ? s próximas eleições”, afirmou Milton Bosco.

O representante do partido na Câmara Municipal, vereador Abelardo, enfoca que o PV tem plenas condições de realizar uma campanha vencedora em 2012. “O que é certo é que não faremos papel de coadjuvante no pleito de 2012”, frisou o parlamentar verde. “Se teremos candidato próprio a prefeito ou não é outra discussão. Defendo candidatura própria, mas isso vai depender de uma ampla discussão e estudos para avaliar o que será melhor para o partido”, acrescentou Abelardo.