Parlamentar quer sistema de rodízios para farmácias

Divulgação

 

Pelo fato de Botucatu não possuir mais nenhuma farmácia aberta no período das 24 horas, o vereador Fernando Carmoni (PSDB) apresentou requerimento buscando uma alternativa, que seriam os rodízios de estabelecimentos, para acabar com o que ele considera como sendo um problema grave. O pedido foi aprovado pela unanimidade dos demais legisladores da Casa de Leis.
 

O documento encaminhado pelo legislador questiona o fato de que as farmácias de Botucatu permanecem com suas portas fechadas no período entre à meia-noite e às sete horas da manhã. O pedido foi encaminhado para o deputado Fernando Cury, além do presidente do Sindicato dos Farmacêuticos de São Paulo e o presidente do Conselho Federal de Farmácia, para que envidem esforços em busca de uma solução para o problema.

De acordo com vereador, em Botucatu e em outras cidades brasileiras, as farmácias e drogarias encerram suas atividades às 24 horas, deixando as pessoas que necessitam de medicamentos em situação de risco. "Tal fato é um desrespeito com o ser humano, principalmente no século em que vivemos, com tanta modernidade tantas facilidades ao alcance de todos ", justifica o vereador.

Carmoni também destaca a gravidade da situação. "Em Botucatu, a pessoa tem que escolher o horário em que vai ficar doente ou que vai precisar de remédio, caso contrário, pode acabar não conseguindo comprar os medicamentos necessários e todos nós sabemos que o quanto mais rápido a pessoa for medicada, menor é o risco de situações mais graves acontecerem e pensando nisso, gostaria de, novamente, implantar o sistema de rodízios nas farmácias da cidade, onde ao menos uma, sempre esteja aberta às 24 horas do dia”, completou.