Parlamentar pede mapeamento de famílias carentes

Em sessão ordinária da Câmara Municipal foi aprovada uma proposta requerida pelo vereador Reinaldo Mendonça Moreira – Reinaldinho (PR), que solicita ao Poder Executivo, a possibilidade de efetuar um mapeamento das famílias carentes que vivem em situação subumana no perímetro urbano da cidade de Botucatu, especialmente em bairros como Santa Elisa, Distrito de Rubião Júnior, Parque Marajoara, Jardim Monte Mor, Jardim Brasil e Distrito de Vitoriana.

O vereador observa em sua propositura que na periferia da área urbana de Botucatu encontra-se, ainda, um grande número de residências construídas com papelão, pedaços de tábua e até com lata e nesses locais constatou um grande número de crianças, as quais permanecem brincando nas ruas sem a presença dos pais.

“Muitos moradores dessas localidades trabalham em áreas rurais em época de safra ou fazem o chamado “bico”, e acabam deixando as crianças sozinhas, sem que haja alguém para cuidar e permanecem a mercê da sorte, expostas a riscos, não só na ocorrência de acidentes dentro da própria residência, ou mesmo na rua e, também, ao alcance de pessoas de má índole, que tentam aliciá-las para o uso de drogas”, explica o autor da proposta.

Reinaldinho considera que são dois aspectos a serem analisados, sendo um o fato de essas pessoas morarem de forma desumana em barracos e, a outra, a gravidade de que as crianças permanecem nas vias públicas, sem no entanto ter assistência.

“Há a necessidade de implantar um programa com ações que visem a melhoria de vida dessas pessoas e também das nossas crianças, criando-se um Centro de Educação Infantil. Para o bem de Botucatu solicito que esse mapeamento das famílias carentes de Botucatu seja realizado para que as famílias sejam atendidas da melhor forma possível”, justifica.