Pagani pede banco de dados com enfoque ao Turismo

Com o objetivo de colaborar com a atividade turística de Botucatu, o vereador Lelo Pagani (PT), apresentou um requerimento solicitando ao Poder Executivo, a possibilidade de criação de um cadastro municipal e um banco de dados informatizado, que ajude na coleta e interpretação das informações de interesse turístico.

O vereador cita a lei nº 4.710/2006, que instituiu o Turismo Municipal Responsável traz em seu artigo 22 as determinações de estabelecer um sistema de licenciamento turístico municipal obrigatório, a criação de instrumentos e mecanismos, que garantam a avaliação e o monitoramento do impacto e o controle da visitação pública nos atrativos turísticos e a criação de um serviço público de fiscalização turística municipal.

“Seria importante para o fomento da área de informação turística de nosso município a existência de um cadastro municipal e um banco de dados informatizado que ajude na coleta e interpretação das informações de interesse turístico”, disse o petista.