Padre Orestes recebe título de “Cidadão Botucatuense”

Fotos: David Devidé

Por iniciativa do vereador Valmir Reis (PPS) o padre Orestes Gomes Filho pároco responsável pela igreja Nossa Senhora Menina, na Vila Maria, conhecido como “padre festeiro”, recebeu o título de Cidadão Botucatuense. Honraria foi aprovada na sessão legislativa pela unanimidade dos vereadores e foi entregue em sessão solene realizada na noite de sexta-feira (11) na sede da Câmara Municipal.

Em sua justificativa Reis fez um apanhado geral da vida do sacerdote que nasceu em Bofete, se tornando um dos religiosos mais carismáticos e queridos de Botucatu, que percebeu sua vocação aos 16 anos de idade e foi incentivado pelo então arcebispo Dom Vicente Marchetti Zioni, sendo ordenado padre em dezembro de 1985.

Seu primeiro trabalho como religioso foi em Avaré e assumiu a Catedral Metropolitana de Botucatu em 1995, lançando a festa de Santa´Anna e conseguiu fazer com que o Dia de Sant´Anna, passasse a ser feriado na cidade. Depois de oito anos foi transferido para a Igreja Nossa Senhora Menina, na Vila Maria, onde permanece até hoje. Com suas festas fez grandes transformações e benfeitorias na igreja.

“Tenho 10 anos de Avaré, 8 anos de Catedral e 10 anos de Vila Maria. Nesses 28 anos não sei quantas festas organizei. Sei que foram muitas, sempre com renda revertida para ser aplicada na própria comunidade. E assim gente vai caminhando. Trabalhando por amor a Deus, rezando muito e fazendo festas. E sou um padre que ficou conhecido por não usar batina no dia a dia. Na verdade, uso botina”, brinca o sacerdote.

* mais fotos estarão nas bancas na edição impressa de 19/04.