Milton Monti preside debate em Congresso de Comunicação

O presidente da Frente Parlamentar da Comunicação Social (Frecom) do Congresso Nacional, deputado Milton Monti, vai presidir uma das mesas no 5º Congresso da Indústria da Comunicação. O congresso acontece de 28 a 30 de maio, no World Trade Center, em São Paulo, e será um grande marco para a comunicação brasileira.

Em sua quinta edição, quando o foco do congresso deixa de ser apenas a publicidade e passa a ser mais abrangente, o evento vai debater as principais questões que afetam o setor com os mais destacados líderes da indústria da comunicação brasileira. Além de Milton Monti, as mesas serão lideradas por Carlos Augusto Montenegro (presidente do Ibope), João Ciaco (presidente da ABA e diretor de publicidade e marketing de relacionamento da Fiat), Armando Ferrentini (presidente da Editora Referência), Alexandre Gama (diretor geral de criação da Neogama/BBH), Luís Fernando Vieira (presidente do Grupo de Mídia e vice-presidente de mídia da agência Africa), José Victor Oliva, Luiz Carlos Dutra (vice-presidente da ABA e da Unilever para a América Latina) e José Carlos Salles Neto (presidente do Grupo M&M).

A palestra de abertura do congresso será do arcebispo Desmond Tutu, prêmio Nobel da Paz sobre Liberdade e Democracia e que, ao lado de Nelson Mandela, foi uma das figuras centrais do movimento contra o Apartheid na África do Sul. Atualmente, Tutu está engajado na luta contra a Aids em seu continente.

Os temas do Congresso da Indústria da Comunicação foram definidos pelas 37 entidades participantes, tendo ? frente a ABAP (Associação Brasileira das Agências de Publicidade), e serão discutidos em 13 comissões. Cada uma terá presidente, secretário-geral, relator, debatedores e delegados. As conclusões serão apresentadas na plenária final e organizadas em um documento que deve balizar o estabelecimento de novos parâmetros para o setor.

{n}Milton Monti{/n}

O deputado federal Milton Monti vai presidir a mesa sobre a Comunicação One-to-One: Personalização x Privacidade. De acordo com o deputado e presidente da Frecom, sua mesa debate o uso das novas tecnologias e das novas técnicas de comunicação personalizada.

“A pergunta que pesa é até onde a tecnologia pode personificar a comunicação e até onde o consumidor quer ser identificado. Vamos abordar questões voltadas ? s ferramentas de captação de informações sobre consumidores e seus hábitos, o uso mercadológico dessas informações e, em contrapartida, a ética e o direito ? privacidade no uso da internet”, antecipa o parlamentar.

O parlamentar paulista elogia a iniciativa da Abap e das entidades participantes ao promover o debate sobre a comunicação no Brasil. “Antes, o congresso era exclusivo para os temas relacionados ? publicidade. Dada sua importância e alcance, teve que se expandir para envolver temas correlatos, sob a temática da comunicação. Vejo nesta decisão acertada uma contribuição imensa para a comunicação no Brasil e por isso tem meu integral apoio”, elogia Monti.